Participei dos dois problemas com a EBC,
o primeiro a gritaria quando, na época daquela ministra, sumiu a licença CC
do site, o primeiro alerta veio de um editor do Commons, depois uma grita
geral e voltou a licença CC;
o segundo problema foi no final do ano passado, quando uma funcionária da
EBC insistiu muito em colocar materiais sobre o Portal EBC, via de regra
copiando o texto do site, criando vários artigos desnecessários, foi
revertida, me procurou, tentei explicar que o que interessa para a
Wikipédia é material que conte a história da EBC, da antiga Radiobras,
existe muito material, mas só insistiu em colocar texto pronto, com viés
marqueteiro.
Acho que o mais importante é informar a eles que não é por que o atual
governo mudou um pouco a forma de atuação que vamos permitir que apaguem
toda a história da empresa, me pareceu que a editora não se importava com
isso. E só citava como fonte o próprio site.


Em 2 de abril de 2014 02:35, Luiz Augusto <lugu...@gmail.com> escreveu:

> O incidente com a EBC foi durante meu tempo de chá-de-sumiço, então
> primeiro fui dar uma pesquisada nos e-mails para ver o que aconteceu.
>
> Eu acabei achando dois tópicos daqui da lista de discussão. Além do que
> relata o problema, achei também um outro, de quando o pessoal se desesperou
> com o intervalo de tempo que a nota sobre conteúdos em CC tinha sumido do
> site (provavelmente por efeito colateral quando da fusão das estatais que
> geraram a EBC).
>
> Comecei a pensar em algumas coisas...
>
> 1) Wikinews
>
> O pt.wikinews infelizmente está às moscas, e não é de hoje. Por outro
> lado, sites governamentais que continham materiais em licenças livres já
> perderam tal forma de licenciamento com mera troca de pessoas (MinC),
> outros quando da troca total de mandato, e as licenças são irrevogáveis
> (bastando ter uma cópia sob a licença anterior e a manter em circulação).
>
> E se um bot espelhasse os textos das notícias da EBC automaticamente no
> Wikinews? Tipo, quando alguém da redação "solta" uma notícia para o
> público, essa notícia ser automaticamente espelhada no pt.wikinews.
>
> De pontos positivos, as pessoas ao verem conteúdos frequentes poderiam se
> animar a ajudar a alimentar o wiki.
>
> De pontos negativos, as pessoas apenas se acomodarem em ficar esperando
> eles chegarem. Na acomodação se concretizando, poderiam surgir teorias
> conspiratórias de mil tipos sobre a predominância de conteúdos de um mesmo
> local. Ainda na acomodação, o tempo de desenvolvimento gasto para integrar
> as plataformas ter sido totalmente desperdiçado.
>
> Eu falei de espelhamento automático quanto ao texto das notícias. Algo tão
> automatizado assim para as mídias seria muito mais complexo, ou mesmo para
> outras partes textuais que a imprensa tem autorização de reproduzir, mas
> com eles seguindo sob direitos autorais para outras pessoas. Texto próprio
> é algo muito comum dos veículos de comunicação terem na quase totalidade de
> suas publicações, mas fotos/imagens/áudios/vídeos mais dificilmente,
> precisando de alguma forma manual de revisão. Vai que sai no meio uma
> imagem da Getty ou da Reuters ;-)
>
> 2) Colaboração na Wikipédia
>
> Uma forma menos problemática da EBC participar dos verbetes da Wikipedia
> ao invés de mera inserção de links ao seu site poderia ser com edições
> pontuais de verbetes que inserissem informações novas (e essas informações
> sim fazendo indicação a algum link na EBC, através da política de citar as
> fontes). Mas isso também abriria janela para novos problemas. Nós sabemos
> como são certos verbetes mais populares e as trincheiras que se instalam
> nas disputas de ponto de vista. Até informações óbvias são contestadas. Há
> pessoas que gostam de aportuguesar termos de forma indiscriminada, outras
> que de forma indiscriminada preferem manter os termos no idioma original.
> Imagina então quantos gritos ululantes que o pessoal não daria ao ver a
> conta oficial de uma estatal do governo federal editando alguma coisa sobre
> política... mesmo que a informação esteja referenciada e até mesmo não
> indique exatamente o que o governo pensa (tive o prazer de silenciar
> algumas pessoas, em debates extra-wikipédia, esfregando neles links da
> Agência Brasil quando da polêmica sobre restringir o poder do Ministério
> Público, amando o tom equilibrado das matérias que eles haviam produzido na
> altura)...
>
> Não digo que seja algo que não se possa experimentar. Mas, se for
> experimentado, eles precisam estar preparados para o que pode acontecer.
>
> 3) Disponibilização em massa de mídias
>
> Na verdade depende de uma série de fatores para escolher a forma como eles
> podem nos enviar os materiais.
>
> Pelo que pude entender do webcast disponível em
> https://www.mediawiki.org/wiki/File:Gwtoolset-sprint13-demo.webm
> (pessoal da EBC, abram ele apenas após ler toda essa seção da minha
> mensagem, acho que ficará mais fácil de compreenderem), as mídias
> precisarão estar disponíveis em um URL público.
>
> Mesmo para as que eles ainda não tenham disponibilizado no website, basta
> elas estarem disponíveis em algum URL público que a extensão, já ativa no
> Commons, fará o download e atribuição dos metadados. Há três formas
> possíveis de envio, na verdade:
>
> a) Eles colocarem as mídias em algum
> ServidorEscondidoPoremPublico.ebc.com.br como arquivos individuais,
> indicando no XML o caminho completo para cada uma dessas mídias. Servidores
> da Wikimedia fariam o download das mídias diretamente dos servidores da EBC;
>
> b) Colocarem as mídias em alguma pasta que me seja acessível através de
> "zipões", comigo fazendo o download delas pro meu micro, rodando um
> miniservidor no meu micro e fazendo o MediaWiki do Commons as puxar do meu
> micro (precisaria que o XML, no caso, indicasse apenas o nome exato de cada
> arquivo; na hora de rodar o mini-servidor por aqui eu completaria com a URL
> dele);
>
> c) Disponibilizarem as mídias em HD(s), que eu agiria de forma similar
> como no item anterior (também precisando, no item anterior, da indicação
> exata no XML do nome do arquivo, para depois editar o arquivo inserindo o
> caminho completo que fossem ter dentro do meu mini-servidor local).
>
> O webcast diz que a EBC pode escolher o schema de dados que preferir, seja
> Dublin Core ou algum próprio. Ao assistir o vídeo será possível entender o
> porque. A extensão lerá o XML e pedirá para que eu (no caso) faça a
> equivalência de cada um dos campos do XML para cada um dos parâmetros de
> uma predefinição do Commons. A extensão também me permitirá escolher o nome
> dos arquivos através da combinação de diferentes campos do XML. Com os
> metadados prontos para serem traduzidos, a extensão passará a pegar cada um
> dos arquivos no servidor onde elas estiverem (seja no da EBC, seja no meu
> mini-servidor), os metadados de cada um dos registros, e completará o
> upload no Commons.
>
> Também seria tecnicamente possível que a EBC fizesse o upload direto ao
> Commons sem a minha intermediação. Mas, como pode surgir algo que eles não
> tenham exatamente como liberar em termos livres, é interessante que eu
> reveja, para evitar maiores traumas.
>
> Sim, cada um dos uploads feitos ao Wikimedia Commons é revisto pela pessoa
> que está executando a importação ao Commons. Um a um. Isso explica porque
> as parcerias de GLAMs não resultam em milhões de arquivos surgindo de uma
> hora pra outra =P . E sim, por incrível que pareça, essa extensão corta uns
> 80% do trabalho de enviar mídias. Quem já fez upload ao Commons de blocos
> que possuíam muitas coisas em comum mas coisas específicas de cada arquivo
> sabe bem o que falo.
>
> Motivo de eu ter sugerido que lessem toda essa seção antes de abrirem o
> webcast: ele servirá apenas para ilustrar à EBC onde os metadados serão
> empregados. O serviço todo que lá é descrito será feito (no caso) por mim.
>
> Luiz
>
> 2014-04-01 17:21 GMT-03:00 Oona Castro <oonacas...@gmail.com>:
>
>> Caros
>> conforme infomado aqui na lista, tive hoje a reunião com a equipe
>> editorial da EBC. O diálogo começou por iniciativa minha, quando vi o
>> especial que eles haviam produzido sobre a ditadura e, como conhecia alguns
>> dos editores, entrei em contato e perguntei sobre o licenciamento deles
>> todos, já que a EBC licencia tudo o que é dela em CC-BY, somando à proposta
>> do Everton de, via Open Knowledge, pedir à Folha de S.Paulo liberação do
>> material que vinha sendo usado nos especiais sobre a ditadura.
>>
>> A conversa foi boa e saíram os seguintes próximos passos:
>>
>> 1) Eles podem transferir pra gente material usado e não usado de fotos,
>> documentos e arquivos de áudio pra gente subir no Commons e Wikisource e
>> alimentar os verbetes da Wikipédia quando pertinente.
>>
>> O que nós precisamos fazer: passar as especificações (se vamos passar via
>> máquina do Lugusto, que ofereceu essa possibilidade, um HD, etc.). Eles têm
>> os metadados. Pediram pra especificarmos como queremos a transferência dos
>> arquivos e então a farão.
>>
>> 2) Em maio, organizamos uma oficina pra equipe deles (ampliada a outros
>> interessados da EBC provavelmente) em Brasília. Seria muito legal contar
>> com gente do grupo de usuários/comunidade no processo, além da nossa
>> equipe, pra que fique essa relação não fique centralizada em nós.
>>
>> 3) Nesse espirito da oficina, além de fazê-los conhecer melhor as regras
>> da WP, llivro de estilo etc., ficamos de passar a eles como podem
>> contribuir mais. Eles têm uma equipe enxuta, mas já ensaiaram contribuir
>> mais sistematicamente com conteúdo, fontes, de materiais que eles sabiam
>> que tinham e viam que trazia ou perspecitva diferente das outras fontes do
>> verbete, ou fontes e conteúdo onde não havia etc. Mas a experiência piloto
>> foi vista como uma forma de divulgar a EBC e "pegar carona" na Wikipédia (o
>> próprio Jo Lorib chegou a compartilhar na lista e sugeriu que se fizessem
>> parcerias melhoras). Como voluntários viram com maus olhos, eles pisaram no
>> freio. Fiquei de publicar uma mensagem na esplanada pedindo a opinião da
>> comunidade sobre como eles podem colaborar sem que isso seja visto como
>> autopromoção ou qualquer violação de regra. Criar, digamos, um "guia"
>> específico de cuidados a serem tomados e práticas a serem evitadas? Seguir
>> recomendações dos novos termos de 
>> uso<https://meta.wikimedia.org/wiki/Terms_of_use/Paid_contributions_amendment>em
>>  discussão? Tem jeito de contribuir mesmo ou é melhor não gastarem o
>> precioso tempo deles nisso? Ou é melhor só compartilharem o material e a
>> gente mesmo faz? Quem faz? E por aí vai.
>>
>> 4) Perguntaram sobre outras formas de colaborar. Falei do Wikinews, mas
>> que além de não ter comunidade ativa, produz quase nada original, não é nem
>> de longe prioridade da WMF. Mas que existe e a própria comunidade já tinha
>> iniciado com a Luca uma conversa neste sentido. Mas precisava saber se
>> houvera avanços. Fiquei, de qualquer forma, de checar com comunidade se
>> havia outras ideias e propostas.
>>
>> Alguém tem? Que acham de tudo isso? Quem anima de se envolver, mesmo que
>> com pouco tempo?
>>
>> No fim da outra semana escrevo com um retorno pra eles.
>> Antes disso, mandamos links com informações de orientação tanto para o
>> compartilhamento do banco de dados, como sobre edição.
>>
>> Abraços
>> Oona
>>
>> _______________________________________________
>> WikimediaBR-l mailing list
>> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
>> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>>
>>
>
> _______________________________________________
> WikimediaBR-l mailing list
> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>
>
_______________________________________________
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l

Responder a