Comentando em cima dos emails anteriores:

Participo dessa ideia de Wikimedia BR desde as primeiras reuniões no Centro
Cultural Vergueiro, faz bastante tempo.

A motivação principal sempre foi trazer mais colaboradores para os projetos.

Objetivo secundário,  ter uma instituição formal para poder contatar
imprensa, empresas, órgãos públicos e outros agentes sem ter que explicar
um monte de coisas nem se apresentar como voluntário. E para nos
protegermos atrás de uma instituição, nos dá mais segurança.

Aplaudi quando a WMF nos contatou, primeiro enviando a Carol, depois o
Barry e finalmente escolhendo a Oona e a equipe atual, nos dando apoio e
verba. Temos até uma sala !

A forma atual me satisfaz?

Acho que o objetivo secundário foi alcançado, hoje temos contato com
instituições várias, quem precisa de um contato institucional é atendido.
Temos uma estrutura, com a colaboração da Ação Educativa.

Também acho que a equipe tem conseguido alguns resultados muito bons.
Adorei o WLE, quase seis mil fotos carregadas, contatos e canais abertos
para as próximas edições e servirá de base para o WLM e o  GLAM, um projeto
que me interessa muito. Parece também que os contatos com universidades
estão andando bem, ainda que não seja possível um atendimento tão
personalizado como o prestado para a Juliana, não temos  voluntários
suficientes.

Mas o objetivo principal não foi alcançado, temos cada vez menos gente nos
projetos.

O que falta? Algumas sugestões:

Exposição na mídia (o pessoal da WMF joga bem esse jogo, muita notícia
deles  sai na mídia nacional por ter saído na mídia internacional),
aparecemos pouco, precisamos trabalhar isso melhor. Na minha opinião é o
que dá melhor resultado no quesito atrair colaboradores. Um contato direto
com jornalistas, explicando os projetos também seria bom (outro dia
conversei meia hora com um jornalista, um bom jornalista, uns 40 anos, bem
relacionado, com passagens por Estado, Veja, Piauí, etc, explicando como
funciona a Wp, ele ficou admirado com algumas coisas, achou muito
interessante saber por que os artigos são apagados e por que a Wp é tão
confiável quanto qualquer outra coisa e com o número de leitores);

Contato com instituições que não universidades (nada contra, mas só isso
não é suficiente);

Contato com prefeituras e câmaras municipais de cidades principalmente do
interior, talvez exista alguma associação que os reúna, os artigos sobre
cidades fazem muito sucesso.

Trabalhar os editores antigos que se afastaram do projeto, tem muita gente
boa ali que gostaria de um empurrão para voltar, talvez um sonho, sonhos
motivam pessoas. (o meu com creme de baunilha, sff);

E tem muito mais.

Mas o mais importante é lembrar sempre que catalisador é coadjuvante no
processo, nuca o elemento principal. De vez em quando parecem se esquecer
disso.

João











Em 5 de junho de 2014 00:40, Gustavo Paiva <gustavobpa...@gmail.com>
escreveu:

> Oi Everton,
>
> Obrigado pelas questões. Já são uma contribuição importante pra consulta.
> =)
>
> Bem, além do que a Oona disse, queria só reforçar que é justamente essa
> avaliação sobre o impacto do que nos propusemos (como catalisador) a
> entregar que estamos tentando provocar com esta consulta. Sobre o que a
> Ação pode oferecer, nós sempre tivemos clareza, mas o objetivo é ouvir se a
> comunidade tem interesse nos acúmulos que podemos trazer.
>
> Mas o motivo principal do e-mail era dizer que eu não vi a pergunta. Tô
> indo lá agora.
>
> Abraços,
>
> Gustavo
>
>
>  Em 4 de junho de 2014 22:29, Oona Castro <oonacas...@gmail.com> escreveu:
>
> Oi Tom,
>>
>> super obrigada por sua mensagem!
>> Não pretendo responder de bate-pronto todas as mensagens pra deixar a
>> conversa fluir (entre todos - e não como um diálogo comunidadexcatalisador
>> apenas), mas acho que vale, sim, acrescentar suas perguntas lá.
>>
>> Esclareço que a questão do "escreve que a gente liga" não é pra ficar em
>> diálogo um a um com uma pessoa que tenha críticas. A ideia é que a gente
>> relate e poste o resumo da contribuição, mencionando o nome de quem
>> contribuiu ou de forma anônima - depende do que a pessoa preferir. Não é
>> pra debater.
>>
>> A outra coisa que eu gostaria de compartilhar é o relato que estamos
>> fazendo
>> <https://meta.wikimedia.org/wiki/Brazil_Program/Reports/Ação_Educativa's_grant_-_first_semester>
>> (ainda por concluir). Segundo uma revisão última que fizemos do projeto
>> proposto
>> <https://meta.wikimedia.org/wiki/Programa_Catalisador_do_Brasil/Planejamento_2012-2013/Parcerias/A%C3%A7%C3%A3o_Educativa/Projeto>,
>> chegaremos a agosto com ele cumprido em termos de atividades (e boa parte
>> em termos de objetivos gerais - sim, com alteração de cronograma). Então, o
>> que nos preocupa é justamente revisarmos, junto com a comunidade, e não só
>> a equipe - antes de elaborarmos uma nova proposta, o que um projeto como
>> esse deve se propor a fazer para alcançar o impacto que queremos; qual é o
>> impacto que queremos?; quais são os resultados prioritátios?; qual relação
>> devemos estabelecer? o que consideramos prioritário (envolvimento da atual
>> comunidade, participação de novos colaboradores, novos editores, mais
>> conteúdo, melhor conteúdo?).
>>
>> Até hoje, todo o processo foi construído de forma  aberta à participação.
>> e tomamos decisões acompanhadas de processos de diálogo no meta e das
>> visitas a parceiros. Mesmo assim, uma vez iniciada essa nova etapa do
>> projeto (depois de um longo processo de transição que, é claro, prejudicou
>> bastante o desenvolvimento do programa), percebemos que questionamentos de
>> fundo, de essência, como
>> * "pra quem serve um catalisador?",
>> * "em que medida as ações do catalisador devem estar
>> atreladas/dependentes de participação da comunidade?",
>> * "quais os limites de um catalisador?",
>> * "em que medida (como vc mesmo disse) um catalisador pode terminar por
>> desarticular a comunidade?",
>> * "em que medida resultados concretos sem participação mais significativa
>> da comunidade são valorosos?",
>> * "até que ponto a comunidade está aberta à existência de um programa
>> como o catalisador?",
>> * "vale o investimento?",
>> * "como uma parceria com uma ONG sem histórico no movimento Wikimedia
>> pode agregar para o movimento?",
>> * "quais são as condições básicas de acordo entre todos os *stakeholders*
>> do movimento para que um programa como esse possa ter êxito?".
>>
>> Essas perguntas não estão lá dessa forma e a gente não quer só chegar a
>> uma conclusão do que fazer com o catalisador - a gente quer um processo em
>> que pensemos, juntos, como o movimento wikimedia quer atuar e como o
>> catalisador entra nisso. Por isso, simplificamos as perguntas num primeiro
>> momento pra ver as questões que surgiam ao longo do tempo - como as suas -
>> que são ótimas.
>>
>> A WMF também tem intenção de iniciar uma consulta com aspectos mais
>> gerais (não só do catalisador, mas independentemente dele, como o movimento
>> Wikimedia no Brasil se vê no futuro). Essa consulta, sim, será mais ampla
>> em termos de poder redefenir os rumos da atuação e apoio da WMF ao
>> movimento no Brasil.
>>
>> Eu não colocaria em termos de "estamos todos perdidos", mas se prefere
>> colocar assim, é uma forma de ver - muitas opiniões circularam de forma não
>> clara e queremos que elas possam aparecer de forma clara e transformadora.
>>
>> O que queremos é uma conversa que parta das impressões de quanto mais
>> gente possível para avaliarmos se é pertinente continuarmos com um
>> catalisador - e em que condições, tendo em vista o fortalecimento dos
>> projetos Wikimedia, das comunidades.
>>
>> Não queremos reiniciar um ciclo (renovando o projeto) sem um novo acordo,
>> um novo pacto. E acho que devemos inverter o processo: o que a comunidade
>> quer para os projetos Wikimedia e como acham que um programa nacional pode
>> contribuir para isso? A partir daí, vemos se é possível que contribuamos
>> com esse processo no atual modelo - ou em outro, ou de forma nenhuma.
>> Lembrando aqui que a decisão sobre o modelo de atuação não é uma decisão
>> que está em nossas mãos. Mas achamos que os resultados da consulta podem
>> contribuir com o processo mais amplo e a consulta que a WMF vai fazer.
>>
>> A ideia não é defender com unhas e dentes o projeto como existiu até
>> hoje, mas exatamente aproveitar os questionamentos que surgiram para
>> repactuarmos quais devem ser as bases de uma ação no Brasil.
>>
>> Abraços
>> Oona
>>
>>
>> 2014-06-04 21:15 GMT-03:00 Everton Zanella Alvarenga <t...@okfn.org.br>:
>>
>> Oi Gustavo, Oona e Denise, (ela está na lista?)
>>>
>>> estou meio sem tempo, mas vou deixar algumas perguntas rápidas diante do
>>> texto no meta, principalmente a velha história "com uma série de questões e
>>> questionamentos que nos levaram a identificar a necessidade de realizar um
>>> processo de escuta e diálogo mais intenso com a comunidade."
>>>
>>> Esse lance de consulta a comunidade me parece uma forma de reconhecer
>>> que não se sabe o rumo do catalisador (e não culpo os novos que caíram de
>>> para-quedas nisso) e é meio decepcionante ver isso novamente. Me parece
>>> clara a limitação de tempo e envolvimento da comunidade para construir algo
>>> a que o catalisador se propõe (catalisar a comunidade) e do jeito que as
>>> coisas estão colocadas só expõe algo para mim: estão todos perdidos sem
>>> saber o que fazer.
>>>
>>> Se fizermos as perguntas básicas:
>>>
>>> 1. Quais foram os produtos a serem entregues dentro do cronograma
>>> proposto dentro do planejamento do catalisador?
>>>
>>> 2. Os resultados foram satisfatórios? Como meço isso?
>>>
>>> 3. Se não foram satisfatórios, vale a pena continuar o catalisador com
>>> esse modelo?
>>>
>>> Se olharmos as atividades nos relatórios antigos <
>>> http://br.wikimedia.org/wiki/Wikimedia:Chapter_Report>, a impressão que
>>> eu tenho é que antes havia um núcleo de pessoas que desenvolviam atividades
>>> promovendo os *projetos Wikimedia*. Por motivos diversos, isso não
>>> existe mais. E entre esses motivos não podemos descartar a possibilidade do
>>> próprio catalisar (do qual fiz parte ;) ter desarticulado um grupo que
>>> estava fazendo as coisas do seu jeito, mas aí a intervenção da WMF foi
>>> catastrófica (da qual fiz parte ;).
>>>
>>> Eu acho que é essa pergunta que temos que nos fazer.
>>>
>>> Uma leitura de alguém mais "de fora" (ando com pouco tempo para dedicar
>>> meu tempo voluntário aos projeto Wikimedia, mas não deixarei de fazer
>>> quando tiver mais tempo), e gostaria muito que vocês me corrigissem se eu
>>> estiver errado, é que o catalisador pouco está fazendo para o que ele se
>>> propôs.
>>>
>>> E esse lance de escrever para mim e a para a Oona acho estranho. Se
>>> alguém escrever críticas ao catalisador, vocês vão ficar num diálogo um
>>> para um com essa pessoa?
>>>
>>> O que eu acho que deveria ocorrer é as pessoas contratadas para o
>>> catalisador escreverem uma proposta com produtos entregáveis, executá-la e
>>> depois ver se valeu a pena. E a leitura dessa consulta a comunidade me
>>> passa a impressão que não se sabe o que  podem entregar e nem como as
>>> diversas qualidades da Ação podem agregar algo ao movimento Wikimedia.
>>>
>>> Espero que as perguntas básicas não soem como agressivas, elas são bem
>>> sinceras, ainda mais de alguém que tentou trabalhar também no catalisador,
>>> e acho que os resultados foram pífios para os custos envolvidos. Serviu
>>> como aprendizado? Serviu. Mas uma hora do aprendizado é preciso surgir
>>> coisas concretas, mas infelizmente elas parecem não estar fluindo. Ou estou
>>> errado?
>>>
>>> P. S. gostaria de saber se viu minha pergunta no tópico sobre a
>>> ditadura, Gustavo.
>>>
>>> Abraços,
>>>
>>> Tom
>>>
>>>
>>> Em 4 de junho de 2014 20:44, Gustavo Paiva <gustavobpa...@gmail.com>
>>> escreveu:
>>>
>>>>
>>>> Olá a todos e a todas,
>>>>
>>>> Bem, como você s já devem saber, estamos para lá da metade do projeto 
>>>> "Educação
>>>> e acesso ao conhecimento no Brasil: catalisando as comunidades e projetos
>>>> Wikimedia por meio da colaboração ativa, autonomia e compartilhamento
>>>> <https://meta.wikimedia.org/wiki/Programa_Catalisador_do_Brasil/2013-2014>",
>>>> que é a forma que o programa catalisador da WMF assumiu no Brasil, após
>>>> firmar parceria com a Ação Educativa. A construção dessa parceria se deu
>>>> depois de um longo processo de negociação e diálogo com voluntários de
>>>> outreach, editores, equipe do catalisador, Ação Educativa e WMF, com
>>>> momentos de maior ou menor participação. Mas o fato é que, ao longo da
>>>> execução do projeto nos deparamos (equipe e Ação Educativa) com uma série
>>>> de questões e questionamentos que nos levaram a identificar a necessidade
>>>> de realizar um processo de escuta e diálogo mais intenso com a comunidade.
>>>>
>>>> Por isso, decidimos abrir um processo de diálogo no Meta
>>>> <https://meta.wikimedia.org/wiki/Programa_Catalisador_do_Brasil/Consulta_sobre_como_fortalecer_a_Wikimedia_no_Brasil>
>>>> (ou por telefone, Skype e IRC, para quem assim quiser) para tentar refletir
>>>> sobre o atual momento do programa e da comunidade. Quais são os acúmulos,
>>>> os conflitos, as dificuldades e avanços colocados do programa? Quais são
>>>> anseios da comunidade? Quais são as perspectivas da comunidade para o
>>>> futuro a curto médio e longo prazo? A ideia é que o processo culmine num
>>>> encontro presencial aqui na Ação Educativa com duas possibilidades de data
>>>> (a depender do que for decidido pela comunidade na discussão no Meta) e que
>>>> possamos fortalecer a troca, os aprendizados e a confiança e desenvolver um
>>>> projeto de que a comunidade se aproprie mais.
>>>>
>>>> A Ação tem alguma experiência em metodologias e processos de
>>>> construção, fortalecimento e afinação de estratégias de grupos, já tendo
>>>> apoiado vários movimentos sociais nesta tarefa. Essa pode ser, inclusive,
>>>> uma possibilidade de apoio da Ação à comunidade, se houver interesse, é
>>>> claro. A gente sem dúvidas já aprendeu muito com este processo e com o
>>>> projeto e gostaríamos muito de trazer dos nossos acúmulos também. =)
>>>>
>>>> Bem, aguardamos contribuições, críticas e comentários na página de
>>>> consulta:
>>>> https://meta.wikimedia.org/wiki/Programa_Catalisador_do_Brasil/Consulta_sobre_como_fortalecer_a_Wikimedia_no_Brasil.
>>>> Se alguém preferir uma conversa mais livre também pode mandar e-mail para
>>>> gustavo.pa...@acaoeducativa.org ou para ooncas...@gmail.com que a
>>>> gente entra em contato. Conversas coletivas também poderão ser feitas por
>>>> IRC <http://doodle.com/97y2tte9h8f6fhkr>. Queremos muito ouvir as
>>>> contribuições de vocês, pessoal. Aguardamos contribuição de todos e todas!
>>>>
>>>> Um grande abraço,
>>>>
>>>> Gustavo
>>>>
>>>> _______________________________________________
>>>> WikimediaBR-l mailing list
>>>> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
>>>> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>>>>
>>>>
>>>
>>>
>>> --
>>> Everton Zanella Alvarenga (also Tom)
>>> Open Knowledge Brasil - Rede pelo Conhecimento Livre
>>> http://br.okfn.org
>>>
>>> _______________________________________________
>>> WikimediaBR-l mailing list
>>> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
>>> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>>>
>>>
>>
>> _______________________________________________
>> WikimediaBR-l mailing list
>> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
>> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>>
>>
>
> _______________________________________________
> WikimediaBR-l mailing list
> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>
>
_______________________________________________
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l

Responder a