Daniel,
Ano passado fiz uma sondagem sobre isso com organização da sociedade Civil
bem ativas na disputa em torno do Marco Civil.
Meu entendimento pessoal era de que tecnicamente o WP0 violava a
neutralidade, mas por N razões ele era um bom projeto. Sem fins lucrativos,
sem obtenção de dados pessoais, sem necessidade de cadastro, sem violação
de privacidade, sem vender o usuário pra um anunciante, sem exclusividade
de contrato com alguma operadora etc..
Na sondagem que fiz, todos que se manifestaram em relação ao assunto
afirmaram que WP0 violava NR.
E listaram alguns tipos de questões não técnicas. Entre as questões
políticas estariam esse tipo de projeto legitimar outros que incorrem em
problemas de concorrência / concentração econômica;  Outra questão
levantada foi o fato de a Wikipédia ser uma entre tantas fontes de
informação. Outra seria a não resolução do problema do alto preço cobrado
do consumidor pela conexão e a oferta de um serviço que, se o usuário
clicar num só link pra fora do site ele já paga e muito. Tem outros, mas
estou escrevendo do metrô e não me lembro de todos agora.
Os que mais me pegam são o argumento técnico (se a definição é técnica,
então o são os critérios) e o de se criar uma internet "paralela", murada,
de alguns sites, pra uma parte da população que sofre privação econômica,
desigualdade de renda e classe.
É melhor com Wikipédia do que sem nada? Certamente. Mas não sei se essa
pergunta é correta.
Outra questão delicada é: a wmf não requer dados, mas ao figurar no
internet.org, permite q o FB requeira?
A wmf defende que não há violação porque não cria fast lanes. Tem um texto
do Erik Moeller sobre isso. Só buscar net neutrality erik wmf Wikipédia
zero.
Ele publicou qdo Chile e Brasil discutiram isso (lá já discutindo projeto
em si e aqui, Marco Civil).
Também foi debatido na wikimedia-l, lista do movimento global da wikimedia.
Vale dar uma olhada.
Abs!
Em 07/05/2015 13:51, "Daniel Neis" <danieln...@gmail.com> escreveu:

> ah!
>
> se vale um apêndice
>
> eu gostei bastante de uma parte do texto da mozilla
> que defende que embora essa prática de oferecer partes
> da internet não seja a melhor prática,
> ir no caminho de proibir não é interessante, por diversos motivos
> equiparáveis a várias coisas proibidas que vemos por aí,
> e que o mercado acaba dando jeito de burlar.
> regularmentar e discutir é sempre melhor do que virar as costas e proibit
> =)
>
> abraço!
>
> 2015-05-07 13:48 GMT-03:00 Daniel Neis <danieln...@gmail.com>:
>
>> Olá, Ewout
>>
>> comecei a assistir a palestra mas não fui até o final,
>> vou te dizer que tenho uma preferência pela leitura, hehe
>>
>> semana passada surgiu uma discussão interessante sobre o assunto
>> na lista netpol...@mozilla.org
>> e também no https://discourse.mozilla-advocacy.org/
>> iniciada por um pessoal da india
>>
>> pessoal da mozilla se posicionou também através dos blogs
>> depois da discussão.
>> a mitchell baker já tinha se posicionado na lista, mas essas
>> são posições "mais oficiais" digamos assim
>> https://blog.mozilla.org/netpolicy/2015/05/05/mozilla-view-on-zero-rating/
>>
>> https://blog.lizardwrangler.com/2015/05/06/zero-rating-and-the-open-internet/
>>
>> nesses links tem também o link para a carta que a mozilla mandou para o
>> governo indiano
>>
>> depois de tudo isso e refletindo um pouco
>>
>> não acredito que o wikipedia zero seja mal, e também não é mau,
>> pois no fim a instenções da fundação são até boas, eu acredito,
>> mas certamente não é o melhor caminho para promover
>> a inclusão, visto que é também fornecer um pedaço da internet,
>> quando talvez o melhor seria fornecer a internet inteira, como faz
>> a mozilla em bangladesh e outros lugares citados nessas discussões
>>
>> enfim, tudo isso muito produtivo, interessante e importante
>>
>> amanhã vai ter uma discussão sobre isso com sérgio amadeu,
>> flávia lefevre e  galera do coletivo digital
>> segue em anexo a divulgação
>> vai ter streaming ao vivo =)
>>
>>
>>
>>
>> 2015-01-18 23:03 GMT-02:00 Ewout ter Haar <ewoutterh...@gmail.com>:
>>
>> Oi Daniel,
>>>
>>> Se gostaria ser questionado nas suas suposições, recomendo assistir esta
>>> apresentação (feito 3 semanas atrás no 31c13):
>>>
>>> https://www.youtube.com/watch?v=piP_OW8da0Y&list=PLOcrXzpA0W83uyr5LX-U47F3V5IfAZ-UP&index=56
>>> especialmente a partir do aprox. minuto 39.
>>>
>>> Quando fiquei sabendo do WP0 li um pouco e cheguei na conclusão que já
>>> que é WP, sem fins lucrativos e não tem dinheiro mudando de mãos, tudo bem.
>>>
>>> Mas esta palestra me fez mudar de ideia e agora penso que WP0 é mal.
>>>
>>> Ewout
>>>
>>> 2015-01-18 22:11 GMT-02:00 Daniel Neis <danieln...@gmail.com>:
>>>
>>>> Olá, Pessoal
>>>>
>>>> tudo bem?
>>>> Eu sou novo na lista, porém um antigo usuário (e sempre que posso,
>>>> contribuidor) da wikipedia e outros projetos da wikimedia =)
>>>>
>>>> Ano passado "descobri" o Wikipedia Zero:
>>>>
>>>> "Volunteer Wikipedians around the world work hard to compile the sum of
>>>> all human knowledge, to make it freely available to every single person on
>>>> the planet. For many readers in the Global South, the primary (and often
>>>> only) access to the internet is via mobile. However, mobile data costs are
>>>> a significant barrier to internet usage. We created Wikipedia Zero so that
>>>> everyone can access all the free knowledge on Wikipedia, even if they can't
>>>> afford the mobile data charges. "
>>>> https://wikimediafoundation.org/wiki/Wikipedia_Zero
>>>>
>>>> Eu achei esse projeto realmente fantátisco e é um ponto importante
>>>> atualmente quando está se falando sobre neutralidade na rede, questões do a
>>>> serem discutidas agora que o brasil tem o "marco civil da internet".
>>>>
>>>> Ultimamente vemos só a dominação de facebook/whatsapp (mesma empresa)
>>>> com as telecoms oferecendo "pacotes de dados gratuitos para estas
>>>> ferramentas" e logo pensamos em proibir este tipo de comportamento.
>>>>
>>>> Mas a proibição, assim como boa parte das coisas, muitas vezes acaba
>>>> trazendo prejuízos, como nesse caso proibir este tipo de "gratuidade" para
>>>> as redes sociais poderia "minar" ou até "penalizar" projetos como este da
>>>> Wikipedia Zero.
>>>>
>>>> Diante do exposto, gostaria de "ouvir" (ou ler) de vocês como podemos
>>>> colaborar para que tenhamos uma regulamentação que permita esse tipo de
>>>> projeto e também que façamos propaganda e demandemos a implantação do
>>>> Wikipedia Zero no Brasil.
>>>>
>>>> Grande abraço!
>>>>
>>>> _______________________________________________
>>>> WikimediaBR-l mailing list
>>>> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
>>>> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>>>>
>>>>
>>>
>>> _______________________________________________
>>> WikimediaBR-l mailing list
>>> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
>>> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>>>
>>>
>>
>
> _______________________________________________
> WikimediaBR-l mailing list
> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>
>
_______________________________________________
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l

Responder a