Eai Xiru, tudo bem?

Pelo que entendi queremos ter uma "associação" ou entidade que seja
desvinculada de uma empresa específica, de forma a adicionar e fortalecer a
comunidade Zope no Brasil.

As funcionalidades do site dessa entidade devem ser bem similares ao que
existe no site do plone.org que você mencionou a baixo.

Com o adicional de abrimos espaco para os desenvolvedores possam se
cadastrar para podermos mostrar que o Brasil é uma grande potência PZP no
mundo.

Acredito que esse projeto poderia contribuir com a profissionalização do
mercado Zope e ajudar a divulgar a tecnologia demonstrando um
comprometimento maior com o mercado Zope no Brasil e não apenas uma ou outra
empresa.

Me parece um caminho interessante. O que achas?

Abs,

JOC




On 1/11/07, xiru <[EMAIL PROTECTED]> wrote:

  Falando-se em Plone, já existe algo BEM interessante

http://www.plone.net/

Eu pessoalmente gostei muito, em especial desses links

http://plone.net/sites
http://plone.net/providers

Eu ainda não tive tempo de colocar os trabalhos que desenvolvemos lá, mas
farei em breve.


On 1/11/07, Jose Octavio de Castro Neves Jr <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
>
>   Eai Federico, tudo bem?
>
> Aprovo a idéia de fazermos uma Fundação Zope Brasil para divulgarmos a
> tecnologia, empresas prestadoras de serviços Zope e desenvolvedores no
> Brasil.
>
> Pode contar comigo. Me adiciona no MSN ( [EMAIL PROTECTED]) ou ICQ
> (2446972) para torcarmos umas idéias.
>
> Abs a todos,
>
> JOC
>
>
> On 1/10/07, federico vazquez <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
> >
> >   Sobre autoria, aqui na Vespa / ZOPING, quando assinamos um contrato
> > de
> > desenvolvimento informamos aos clientes que iremos incluir no rodapé
> > as
> > tecnologias usadas para o sistema dele, uma vez que ele está se
> > beneficiando desse trabalho acumulado e que nao é só nosso ou
> > exclusivo
> > dele. A piada que rola aqui é que daqui a pouco teremos que fazer um
> > site só para o rodapé. (www.brasildefato.com.br, www.sindeepres.org.br
> > ,
> > www.jubileubrasil.org.br, entre outros)
> >
> > Até o momento não temos tido problemas, inclusive por que nosso
> > posicionamento aqui é bem transparente: promoção e desenvolvimento do
> > software livre, militância pelo SL e estímulo ao desenvolvimento do
> > software livre no Brasil.
> >
> > Mas isso não tira que existam empresas que não queiram, pois afinal
> > estamos em um sistema que prima pela propriedade privada, inclusive a
> > intrelectual.
> >
> > Aproveito para fazer uma sugestão, e perguntar ao Ramalho se topa ou
> > não. Faz algum tempo haviamos conversado, ele e eu, até antes de eu
> > montar o provedor, em criar um site "thumbnails" dos sites brasileiros
> > que usam Zope. Isso pode ser uma forma de furar o cerco.
> >
> > Podemos criar um catálogo com IMAGEM | desenvolvedor | cliente | breve
> > descritivo do site (produtos da comunidade e desenvolvidos para o
> > projeto | cases) e um fale com o Desenvolvedor
> >
> > Posso oferecer a hospedagem desse site. Se o Luciano topar podemos
> > usar
> > o domínio que ele administra zope.com.br. E acrescido a isso um campo
> > de
> > textos com cases - vejam a campanha que o Microsoft está fazendo na
> > IDG
> > Now - que é toda em ZOPE.
> >
> > Alguém viu a publicidades deles estes dias? Um casal em uma loja, cara
> > do extra / Carrefour / Ponto-frio comprando um computador. Aparecem
> > dois
> > caras vestidos com roupas anti bactérias (file peste) e aí eles
> > perguntam se eles sabem qual o sistema operacional da máquina. Logo
> > soltam fumaça com dois extintores e fecham com uma frase. Seguro só o
> > original. Peça seu micro com Windows original.
> >
> > isso mostra que os caras não estão nem aí se o cliente deles coloca ou
> > não que usam o windos / microsfot etc.. eles vão pro ataque. E sugiro
> > isso. Com esse portal de usuários ZOPE no Brasil, temos uma boa forma
> > de as pessoas acharem quem usa e quem faz. Diminui a insegurança de
> > que
> > não há desenvolvedores ZOPE no Brasil.
> >
> > Inclusive, aproveito para ir além. A dois anos atrás houve uma
> > conversa
> > de formar uma Fundação ZOPE Brasil. Acredito que está na hora de
> > retomarmos essa conversa, pois com um instrumento desses fica masi
> > facil
> > disputar espaço com os grandes e com outras tecnologias. Além de
> > podermos criar ações conjuntas para fortalecer a presença do ZOPE no
> > mercado brasileiro.
> >
> > Podemos pensar em campanhas de promoção da tecnologia, discussão de
> > padrões, estimular formação de profissinais, ampliar o numero de
> > empresas desenvolvedores e consumidoras. Legitimar a identificação da
> > tecnologia usada, entre outras. Além de estreitar relações com centros
> > de estudo para formação de profissionais, caso contrário o mercado
> > voltará a diminuir.
> >
> > Isso me lembra a história da empresa do Ramalho. Começaram como os
> > únicos no Brasil. Acredito que naquela época é que surgiu a Paradigma
> > com o ZOPE também - interlegis. O mercado fazia ao Zé Octavio,
> > Ramalho,
> > Eduardo, Leo, e todos os que passaram lá sobre o que aconteceria se
> > eles
> > sumissem. Bem as perguntas são as mesmas e as nossas empresas
> > enfrentam
> > os mesmo desafios. Como garantir a continuidade dos projetos. Nesta
> > lista são muitas as vezes que se discute a fragilidade da tecnologia
> > pela falta de profissionais. Faltou a eles, assim com falta a todos
> > nós
> > que trabalhamos com ZOPE, uma unidade maior para a promoção da
> > tecnologia. Inclusive para estimular o mercado.
> >
> > Se ficarmos cada um de nós fazendo essa batalha sozinhos, a coisa vai
> > demorar mais e será mais sofrida. Proponho a retomada dessa conversa,
> > de forma a fortalecer o ZOPE no Brasil e garantir mercado e vida
> > longa.
> > Se acharem que vale a pena estas ações estamos aí. Senão podemos
> > continuar como estamos, reclamando em listas restritas a
> > desenvolvedores
> > sobre os monopólios, tec... , e esperar que os grandes um dia
> > acreditem
> > no poder da colaboração e do conhecimento livres e façam propaganda
> > como
> > a Microsoft.
> >
> > Minha opinião: não acredito em papai noel, coelhinho da pascoa, BNDES
> > nem em mágicas. Aqui na ZOPE batalhamos muito para manter e investir
> > na
> > tecnologia e fazer mercado sem ajuda de governos e financiadores.
> > Acredito que quanto mais concorrentes tenhamos, mais clientes teremos.
> >
> > Saudações fraternas,
> >
> > Federico
> >
> > Luciano Ramalho escribió:
> > >
> > >
> > > On 1/10/07, *José Henrique* <[EMAIL PROTECTED] <jhreis%40gmail.com>
> > > <mailto:[EMAIL PROTECTED] <jhreis%40gmail.com>>> wrote:
> > >
> > > Eu diria que é a número 3. Depois do logo, a segunda coisa é
> > > retirar os créditos do Plone no rodapé da página.
> > >
> > >
> > > Tem razão!
> > >
> > > Outra coisa que as empresas odeiam é dar crédito a outras
> > > instituições. A menos que sejam contratualmente obrigadas a fazê-lo,
> > > coisa que o software livre não exige.
> > >
> > > [ ]s
> > > Luciano
> > >
> > >
> >
> >
>


--
Fabiano Weimar dos Santos (xiru)
Weimar Consultoria

Hospedagem Plone, Zope e Pyhon
http://www.pytown.com

Responder a