> <brainstorm>
> Talvez fosse possível capturar em qual mirror nos
> conectamos, qual o 
> arquivo baixado, o tamanho e a tempo gasto (a
> velocidade nos inferimos). 
> Se isso fosse adicionado em uma base de dados, como
> você disse, ficaria 
> fácil pesquisar por pacote e escolher o melhor
> mirror. Ou o proprio 
> site/serviço já calcularia isso e deixaria
> disponível o melhor mirror ou 
> indicaria que não existe informação suficiente para
> decidir.
> </brainstorm>

   Pensei em fazer algum usando script,

(369)[EMAIL PROTECTED]:/usr/ports/ftp/mget] # sudo
script
Password:
Script started, output file is typescript
(370)[EMAIL PROTECTED]:/usr/ports/ftp/mget] # make fetch
=> mget-1.4.2.tar.gz doesn't seem to exist in
/usr/ports/distfiles/.
=> Attempting to fetch from
http://cs-people.bu.edu/dbera/activities/projects/mget/.
mget-1.4.2.tar.gz                             100% of 
 63 kB   30 kBps
make fetch  0,70s user 0,67s system 12% cpu 10,816
total
(371)[EMAIL PROTECTED]:/usr/ports/ftp/mget] # exit

Script done, output file is typescript
sudo script  1,07s user 0,95s system 7% cpu 27,422
total
(370)[EMAIL PROTECTED]:/usr/ports/ftp/mget] # more
typescript
Script started on Sat Sep 10 06:24:03 2005
^MESC[m^OESC[27mESC[24mESC[J(370)ESC[0m[ESC[1;[EMAIL 
PROTECTED];36mmyfreebsdESC[0m:ESC[1;33m/usr/ports/ftp/mgetESC[0m]
# ESC[Kmake fetchESC[10D^M
=> mget-1.4.2.tar.gz doesn't seem to exist in
/usr/ports/distfiles/.
=> Attempting to fetch from
http://cs-people.bu.edu/dbera/activities/projects/mget/.
^Mmget-1.4.2.tar.gz                               0%
of   63 kB    0  Bps^Mmget-1.4.2.tar.gz               
              43% of   63 kB   27
kBps^Mmget-1.4.2.tar.gz
                        87% of   63 kB   30
kBps^Mmget-1.4.2.tar.gz                            
100% of   63 kB   30 kBps
make fetch  0,70s user 0,67s system 12% cpu 10,816
total
^MESC[m^OESC[27mESC[24mESC[J(371)ESC[0m[ESC[1;[EMAIL 
PROTECTED];36mmyfreebsdESC[0m:ESC[1;33m/usr/ports/ftp/mgetESC[0m]
# ESC[Kexit^M

  Apos a capiturar a saida do make fetch, e possivel
faz um parser no mesmo e mondar um arquivo que seria
incluido da interface web, algo semelhante ao
portsfresh ...
  Se o ports puder executar um comando ou script, 'e
possivel fazer um /var/db/lablabl e quardar nesse
local os parsers mais ou menos dessa forma,

http://cs-people.bu.edu/dbera/activities/projects/mget/
mget-1.4.2.tar.gz 30 kBps 

   

> 
>   Vou ver se dou uma lida em como funcionam os .mk
> para ver aonde por 
> essas 'ligações' que chamariam um programa externo.
> 
>   Talvez essa listagem de mirrors que hoje é mantida
> dentro do Makefile 
> devesse ser mantida em um outro arquivo central e,
> se houvesse conexão 
> com a Internet, o ports (mediante configuracao)
> poderia pesquisar no 
> site por padrão antes de checkar este arquivo
> central.

  Otimo ja fica mais dinamico ja temos 1 ramificacao
da ideia, deixar o client baixar sua base de mirror ou
fazer o ports consultar a lista.

  Sera que o Garga esta lendo isso?

Atenciosamente
Ricardo A. Reis
UNIFESP 


        



        
                
_______________________________________________________ 
Yahoo! Messenger com voz: PROMOÇÃO VOCÊ PODE LEVAR UMA VIAGEM NA CONVERSA. 
Participe! www.yahoo.com.br/messenger/promocao

_______________________________________________
Freebsd mailing list
Freebsd@fug.com.br
http://mail.fug.com.br/mailman/listinfo/freebsd_fug.com.br

Responder a