---------------------------------------------------------------------
Esta veio de uma lista de Portugal.

Havia um casal idoso que tinham vivido felizes por quase quarenta anos. A
unica friccao no seu casamento era causada pelo habito do marido ter gases
quase todas as manhas quando acordava.

O ruido quase sempre acordava a sua mulher, e o cheiro fazia os olhos dela
chorarem enquanto ela engasgava-se e tentava respirar. Quase todas as
manhas ela implorava-lhe que ele deixa-se de se peidar todas as manhas. 
Ele dizia-lhe que nao conseguia evitar. Ela implorava-lhe para que ele
fosse a um medico para ver se podia-se fazer alguma coisa , mas o marido
ignorava-a. Ele dizia-lhe que era uma funcao natural do corpo, e depois
ria-se da cara dela quando ela tentava afastar os gases acenando com maos. 
Ela dizia-lhe que nao havia nada de natural naquilo, e que se ele nao
parasse um dia ele iria "disparar as tripas ca para fora"

Os anos foram passando e a mulher continuou a sofrer, e o marido continuou
a ignorar os seus avisos sobre "disparar as tripas ca para fora" ate que
chegou o Dia da Accao de Graca. De madrugada , a mulher veio ca baixo
escadas preparar a comida para a familia.

Ela arranjo tarte de abobora, batatas cozidas e , como e' claro, o peru.
Enquanto ela estava a retirar as miudezas e restos de dentro do peru, um
pensamento aflorou-lhe sobre como resolver o problema do marido. Com um
sorriso diabolico na sua face, ela colocou as tripas do peru num tacho e
silenciosamente caminhou ate la cima pelas escadas, horas antes de o seu
marido poder acordar. Enquanto ele estava profundamente a dormir, ela puxou
para baixo os cobertores e entao gentilmente puxou para baixo as
boxers do marido. 

Entao ela colocou todas as tripas do peru dentro da roupa interior do
marido, puxou-as para cima, puxou os cobertores e em bicos de pe voltou la
para baixo para acabar de preparar a refeicao da familia.

Algumas horas depois ela ouviu o marido a acordar com o seu normal e alto
cu a trompetar. Isto depois foi seguido por um grito sangrento e o som de
alguem a caminhar freneticamente , ia o seu marido la para cima para a casa
de banho.

Ela nao se conseguia controlar, e os seus olhos comecaram a chorar enquanto
ela se rebolava no chao a chorar. Depois de anos a aguenta-lo ela
finalmente tinha ficado quite.

Alguns vinte minutos depois, o seu marido veio la de cima nas suas calcas
manchadas de sangue com uns olhos cheios de horror. Ela mordeu o labio para
nao se partir a rir, e depois ela perguntou-lhe o que tinha acontecido. Ele
disse "Querida, tinhas razao, durante estes anos todos tinhas-me avisado, e
eu nao te ouvia."

"O que queres dizer?" perguntou a sua mulher inocentemente.

"Bem, tu sempre me tinhas dito que eu acabaria um dia por disparar as
minhas tripas ca para fora e hoje infelizmente aconteceu. Mas pela graca Do
Nosso Senhor e estes dois dedos, eu acho que consegui por-las todas la para
dentro outra vez."

McFly
---------------------------------------------------------------------
Você tem email?? Que tal mudar gratuitamente para [EMAIL PROTECTED]?
Visite http://www.email.com.br e faça seu pedido. Esse email é seu!
---------------------------------------------------------------------

Responder a