CARTA DE UMA PORTUGUESA A SEU FILHO

 Querido filho,

Te escrevo estas linhas para que saibas que estou viva. Te escrevo devagar
porque sei que tu nao consegues ler rapido.
Bom, nao vais mais reconhecer a casa quando vieres, porque a gentemudou.
Finalmente enterramos seu avo. Encontramos o cadaver com esse  negocio da
mudanca; estava no armario desde aquele dia que ganhou da gente brincando
de  esconde-esconde. Hoje tua irma Julia teve um filho, mas como ainda nao
sei  se e menino ou menina, nao posso dizer se voce e tio ou tia. Quem nao
tem
aparecido por aqui e o tio Venancio, o que morreu totalmente no ano
passado.
 E teu primo Jacinto, que sempre acreditou ser mais rapido que um touro,
comprovou que nao era. Estou  preocupada com o cachorro Boby, que insiste
em  perseguir os carros parados e esta ficando cada vez mais chato.
 Ah! Finalmente os engarrafadores de refresco tiveram a grande ideia de
por um letreiro na tampinha que diz: "Abra por aqui!. Que achas?
Teu irmao Jose fechou o carro com a trava e deixou as chaves dentro; e  teve
que ir la em casa para pegar a chave duplicada e poder tirar todos nos de
dentro do carro.
 Esta carta te mando com Manolo, que vai pra ai. Puxa! Sera que podes
pega-lo  no aeroporto? Bom meu filho, nao escrevo o endereco porque nao sei.
E que  a  ultima familia portuguesa que vivia aqui nesta casa levou os
numeros para  nao terem que mudar de endereco. Se encontrar dona Maria da um
alo da
 minha  parte, e se nao a encontrar, nao diga nada.
 Tua mae que te ama.

 P.S. Ia te mandar cem escudos, mas ja fechei o envelope.



Resposta do filho portugues a sua mae.

Querida mae:


ae, se recebes esta carta e porque ela te chegou, caso contrario, avisa-me
que eu volto a enviar.

Recebi a carta que mandas-te pelo Manolo, mas como o estupido so me entregou
no dia seguinte da sua chegada, nao o pude ir buscar ao aeroporto.
Gostei muito de saber que estas viva, mas teria gostado muito mais se
tivesses  mandado os cem escudos, entendo que ja tinhas fechado o envelope,
mas  podias ter enviado o dinheiro por Fax.

 Se calhar nao entenderes a minha letra, e que eu decidi escrever o mais
rapido possivel. Sabes, nao  estranho nada o que aconteceu ao avo, sempre
achei muito esquisito que aquele armario se tivesse fechado por dentro.
Ja  sei porque e' que o meu pai nao te ouve, ele anda a usar o radio de
transistores que eu era para trazer, tu colocaste o aparelho para a surdez
na minha mala na vez do radio, nao te culpo, sao tao parecidos que
 qualquer  pessoa se confunde, e eu que passei 6 meses a pensar que como
comprei o  radio ai, aqui nao o podia ouvir.

 Diz a Julia que eu mando muitas felicidades pelo bebe e que me avise
quanto  antes se sou tio ou tia, e' que se for tia vou ter que cortar o
bigode.
 Nao  dei os teus comprimentos a dona Maria porque ainda nao a encontrei,
mas  falei com ela por telefone esta manha e ela estava bem.

 Eu estou mais ou menos, no primeiro emprego que tive so estive tres dias.
 Contrataram-me para pintar um risco branco na estrada, no primeiro dia
pintei cinco quilometros, no segundo, pintei tres e no terceiro pintei um.
O encarregado despediu-me porque eu cada dia pintava menos, eu expliquei-lhe
que isso era porque cada dia a lata da tinta ficava mais longe.
 Ja arranjei uma namorada, chama-se Pilarica e e' uma moca Portuguesa,
conheci-a numa festa, vi logo que era portuguesa porque tinha uma blusa de
alcas com ombreiras.

Bem, por hoje e tudo, nao mando comprimentos para o pai porque ele nao te
vai ouvir, mas recebe carinho do teu filho.


Venancio.


PS: Espero que o carteiro saiba a direcao.

---------------------------------------------------------------------
Você tem email?? Que tal mudar gratuitamente para [EMAIL PROTECTED]?
Visite http://www.email.com.br e faça seu pedido. Esse email é seu!
---------------------------------------------------------------------

Responder a