On 4/29/07, Guilherme H. S. Ostrock <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
O que não entendo é o que gera tanta desconfiança na receita para que vocês
queiram manipular o código.


Digamos que você seja um banhinsta qualquer na praia e alguém lhe
entregue uma prancha para você surfar. Vamos supor duas situações:
a) você é um surfista.
b) você é especialista em construir pranchas.

Em "a" você olha a prancha e cai no mar.

Em "b" você olha a prancha e faz algum comentário sobre ela. Pergunta
onde foi fabricada, do que é feita, vira de um lado, passa a mão, vira
do outro, pergunta de onde veio peça tal, quem fez, quando e por aí
vai ...

Pode parecer estranho isso, e meio fora do propósito, mas é assim que
as coisas são feitas. Para que a arte de se fazer pranchas siga
adiante é preciso que alguém se interesse por essas coisas.

Se um fabricante de pranchas vai usar uma prancha que o fornecedor se
nega a dar informações sobre ela, limitando-se apenas a falar como ela
funciona - você joga ela no mar , espera chegar uma onda, rema e sobe
em cima dela - é para ficar desconfiado. Se o cara tá perguntando é
porque ele precisa da info para alguma coisa, pô.

Quando fazem mistério sobre algo que não tem pra que esconder as
pessoas ficam desconfiadas mesmo.


Ok, pode ser que eles tenham tentado prejudicar alguns contribuintes, mas é
muito mais fácil que um particular tente prejudicar outro do que um orgão
público.

Não acho que a receita seja o último reduto dos hnestos do país, nem que seu
programa ou formas de transmissão sejam as mais seguras, mas tudo que foi
alegado para que a receita abra o código são suposições, que podem
concretizar-se, porém, como já dito, é mais fácil que isso ocorra quando
particulares manipularem o código.

Quando pedi o número do recibo somente queria comprovar o recebimento da
declaração, para que se tenha acesso às informações da declaração é
necessário certificação digital.

Disseram que ele está aqui a muito tempo e eu acabei de chegar para ficar
questionando-o, porém a receita já está ai a muito tempo, e frente a ela,
ele acabou de chegar.

Tudo bem, a receita e o Oliva foram questionados. Ninguém escapa de
ser questionado. Tamo no mundo sujeitos a essas coisas.


E por fim, todos aplaudem, e com razão, o desenvolvimento do sl pelo
Alexandre e apontam-me como o demônio, ou troll, mas quem mais passou uma
declaração com o programa dele?

Essa lista não é sobre você. Retire o seu ego do que está sendo
debatido. Se você vale alguma coisa, isso é assunto para seus amigos e
sua família.

E essa sua pergunta de "quem mais passou uma declaração com o programa
dele?" é uma pergunta muito mal feita, me desculpe. Se o programa é da
receita, então é da receita, vale a licença que tava lá escondida, que
até onde eu me lembro era GPL.

O cara só tá usando uma liberdade que ele descobriu que tinha, e usou
as habilidades que ele tem para fazer da forma que ele acha certo,
abrindo o caminho para outras pessoas que querem fazer da mesma forma.
Aí vem você do nada, com essas perguntas. Mas deixa prá lá, acontece.


--
Att.

Guilherme H. S. Ostrock
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil



--

A ignorância é um mecanismo que capacita um tomate a saber de tudo.


          "Que os fontes estejam com você..."

Glauber Machado Rodrigues
PSL-MA

jabber: [EMAIL PROTECTED]
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a