Olha só:
Planalto entrando nessa história através de seus líderes, deveria, ao meu
ver, sustar simplemente a colocação do PL em discussão na pauta e não fazer
gestão de pedida de vistas.O negócio seria ganhar tempo para os trabalhos
adicionais necessários para fazer todos os ajustes democráticos e
democratizantes no PL. Para tal necessita-se de tempo, um bom tempo que a
pedida de vista não dará de forma alguma, regimentalmente.
Daqui mais um pouco estarei descendo para o Senado e depois Câmara
É isto
Abs,
Ada


Em 30/05/07, Ada Lemos <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:

  Gente,

Se isto ai é assim mesmo conforme título da matéria aqui fala, que
bom!!!!!Insone e preocupada com este assunto e os rolos no senado já zapiei
quase todos os jornais de hj
Texto do Estadão abaixo:

 - Entre outros itens, projeto obriga provedor a monitorar usuário;
governo deve pedir vistas para evitar votação

*Mais informações* <http://link.estadao.com.br/>

*Rodrigo Brancatelli*
Após quase 15 anos de acesso público à internet, o Brasil pode ganhar o
primeiro marco regulatório da rede no País. Entra em discussão e pode ser
votada hoje na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado a nova
versão do substitutivo ao projeto de lei 76/2000, elaborado pelo senador
Eduardo Azeredo (PSDB-MG) para disciplinar a internet brasileira e punir
crimes virtuais. O texto foi mudado após uma enxurrada de reclamações, mas a
polêmica continua. Na sessão de hoje, o governo deve pedir vistas do projeto
para impedir a votação.

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a