Márcio de Araújo Benedito escreveu:
por isso estou postando. Um dos argumentos contrários ao SL é
justamente que ele concorre deslealmente com o software proprietário.
Mas, quem ainda diz isso? Nem a Microsoft tem mais coragem de colocar esse tipo de argumento. E mesmo as instituições mais "conservadoras" afirmam simplesmente q o Software Livre é uma tecnologia "disruptora" (eu prefiro "de ruptura" ao invés de traduzir "disruptive" tão "foneticamente"), mudando as regras do jogo no mercado de software.
Eu sou adepto da tese de que, na verdade, o software proprietário MATA
a concorrência, na medida que atrela o produto gerado pelo software --
incluindo a cultura de uso -- a aquisição de licenças (vide argumentos
como "padrão de fato").
Mas, "padrões de fato" (e um certo grau de "lock-in") tbém são gerados por Software Livre. Não vamos confundir "padrões abertos" com "software aberto"/"código aberto"/"software livre". Não estar atrelado a uma licença de uso pode até diminuir os custos de saída de uma plataforma, mas isso não significa q eles não existam.


Acho q o problema principal do Software Proprietário não é tanto restringir a concorrência direta, mas sim o de atrasar a inovação no setor. Um exemplo pueril: na época em q o AmiPro nem era da Lotus, ele "inventou" aquele "pincelzinho" p/ capturar atributos de texto de um lugar e "colar" em outro. O MS Word 2.0 não tinha isso e só veio a ter muitos meses depois, na versão seguinte do produto (acho q era a 6.0). Ou seja, parte do tempo de desenvolvimento de produtos no mundo proprietário é dedicado a simplesmente reinventar a roda proprietária do concorrente. Ok, alguns vão argumentar q isso acontece no mundo livre tbém, mas, pelo menos, aí costuma ser por opção dos membros do projeto...

[ ]s,

olival.junior
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a