Segundo alguns procuradores da PGR esta é a visão mais fácil do judiciário
entender o SL e legisladores, gestores tb, a compreensão maior acaba vindo
em etapas posteriores por força da evangelização , da qualidade, etc, etc.
Tive eu mesma de me render a visão da PGR e seu modus operandi diante da
justiça que com a informatização vai acabar destra, ou mais destra nisto ai
que tanto prezamos.
Abs,
Ada

Em 15/05/07, Hudson Lacerda <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:

Antonio Fonseca escreveu:
> Pois é, ainda há muita gente no setor público que enxerga apenas o lado
da
> economicidade do FOSS e comete esse tipo (perigoso) de gafe.

Creio que tais ``gafes'' sejam motivadas por uma expectativa de
convencer mesmo quem enxerga apenas o lado econômico da questão a apoiar
a aprovação dos projetos.

Acho que ainda é muito difundida a idéia de que as soluções
``politicamente corretas'' são simplesmente aquelas que economizam
recursos financeiros a curto prazo.

> On 5/14/07, Hudson Lacerda <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
>
>>
>> Anahuac escreveu:
>> >
>> > Estava indo tudo bastante bem até que:
>> >
>> > O programa aberto deve assegurar ao usuário acesso irrestrito ao seu
>> > código fonte, sem qualquer custo.
>>
>> Ainda bem que isso está escrito na justificação, e não no corpo do
>> projeto de lei.
>>
>> http://www.camara.gov.br/Sileg/Prop_Detalhe.asp?id=340817
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a