On Feb 27, 2008, Marcus de Vasconcelos Diogo da Silva <[EMAIL PROTECTED]> wrote:

> Pois é Alexandre mas o que tenho visto é que alguns casos de Software
> Livre produzidos no Brasil são muito criticados pois  disponibilizam
> mas não tratam bem a comunidade.

Nesse caso, educação neles; se não avançar, fork neles que aí eles
"aprendem" :-)

Lembrar que tem um tanto de software que vira livre por abandonware ou
pra sair bem na fita, mas sem recursos ou preocupação para gerar uma
infra-estrutura comunitária ao redor.  Nesse caso, quando o Software é
Livre, se há interesse da comunidade, ela mesma oferece os recursos.
Lembrar que ninguém é obrigado a oferecer essa infra-estrutura ou a
manter o software pra gente.  Disponibilizar de forma que respeita
nossas liberdades já é um grande passo.

É claro que em muitos casos, atrair participação da comunidade pode
inclusive ajudar o gestor público a cumprir melhor os princípios
constitucionais da economicidade, eficiência, transparência,
impessoalidade e até da moralidade.  Cabe a nós, enquanto comunidade
interessada, mostrar que não é só obrigação do estado fazer essas
coisas, para beneficiar diretamente a sociedade: é também vantajoso
para o estado, beneficiando a sociedade de forma também indireta.

E tome educação ;-)

-- 
Alexandre Oliva         http://www.lsd.ic.unicamp.br/~oliva/
FSF Latin America Board Member         http://www.fsfla.org/
Red Hat Compiler Engineer   [EMAIL PROTECTED], gcc.gnu.org}
Free Software Evangelist  [EMAIL PROTECTED], gnu.org}
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a