Meu caro João Paulo,

Pelo que entendi você não quer exatamente a resolução de um problema quando o coloca 
aqui - vc quer sim saber de onde diabos aquilo surgiu e por que razão vc deveria 
resolvê-lo.

Aviso logo que este é um e-mail longo. Desde já minhas desculpas a todos e em 
particualr ao N pelo off-topic (nem tão off assim) - espero que esse meu e-mail ajude 
a esclarecer as coisas e a encerrar essa discussão.

**

>Matemática,pra mim não tem a ver com o lado emocional.Só não consigo
entender bem uma coisa que não estou vendo um motivo lógico pra
existir(Caso de raiz,x e y etc)

Vc vê motivo lógico para os poemas de Vinícius de Moraes existirem? Assim como os 
poemas, raízes são desdobramentos e evoluções de determinados campos do conhecimentos, 
de determinadas formas de expressão. Tanto a matemática como a poesia são formas do 
ser humano se expressar e são campos de conhecimento, em constante evolução. Às vezes 
é difícil entender como surgiu um Vinícius de Moraes, mas se considerar toda a base 
literária e musical que veio antes, um Vinícius torna-se natural.

Assim com os poetas, assim com a matemática. Talvez o que esteja lhe faltando seja uma 
boa aula de história da matemática. Aí vc vai entender o que veio de one. Desde o 
pastor contando suas ovelhas no pasto até os nomes esquisitos que vc vê pro aqui, como 
integrais e equações diferenciais.

Ah sim, só para deixar um teaser: E qual o motivo lógico para existir Astronomia? De 
que me serve saber que a nebulosa de sei-lá-o-que é composta disso e daquilo outro? E 
para que Música? Qual a utilidade de se tocar um instrumento ou ficar criando novos 
instrumentos?

**

>É muito mais fácil eu entender um texto todo em japonês.Pelo menos
posso ir atrás de um dicionário e traduzir.
>Já com matemática,não tem aonde ir.

Tem sim. Livros de matemática, professores, colegas que saibam um pouco mais que você 
e fóruns como esse. Contudo, é sempre mais fácil se você usar abordagens mais sutis. 
Assim como você não pede uma informação na rua dizendo mil palavrões e gritando a 
altos brados que aquele bairro não deveria existir, tb com matemáticos é mais 
apropriado um tanto de gentileza. Afinal, somos todos humanos.

Eu mesmo já tive vários alunos que me disseram que não gostavam de matemática. Nunca 
tive problemas com isso. É como dizer ao fã de uma banda que vc odeia aquele grupo. Se 
os dois conseguirem se expressar claramente e fundamentar seus pontos de vista, vcs 
certamente não vão brigar. Podem não mudar de opinião, mas vcs vão entender pq o outro 
gosta/não gosta tanto assim da banda.

Outra coisa que ajuda muito é aprender o básico da língua da pessoa. Se vc chega para 
um londrino e pergunta "onde á a pizzaria mais próxima" ele não vai entender lhufas. 
Já se vc disser "Pizza! Where? Where pizza?" ele, com um tanto de boa vontade, vai 
entender e te apontar algo como "one two three right then one two left" para dizer que 
é a terceira quadra à direita e então a segunda à esquerda. Sei que o exemplo parece 
bobo, mas acho eu que ilustra bem.

**

Já expûs como descobrir de onde vieram os problemas e conceitos matemáticos (curso de 
história da matemática) e o porquê da dificuldade de conseguir ajuda em matemática 
(abordagens mais gentis e predisposição favorável sempre ajudam a se conseguir o que 
se quer de um humano). Falta dizer agora por que diabos vc deveria resolver probs de 
matemática.

Bem, afora os motivos mais óbvios e terrenos - passar na escola, no vest, etc - 
existem alguns outros:

1) Desenvolver e treinar o raciocínio lógico

Resolver problemas de matemática é como tentar pintar um desenho respeitando as 
bordas. Achar que x=4 ou ter um desenho pintado não serve de muita coisa, mas saber 
observar um problema, saber dizer quais são os dados, saber escolher a melhor 
abordagem, conseguir implemntar essa abordagem e achar a resposta são coisas que 
treinam o grande "músculo" que é nosso cérebro. Ficamos com um raciocínio lógico 
melhor - que nos permitirá depois calcular que não vai dar para chegar no outro bairro 
em menos de dez minutos *e* conseguir entradas para o cinema *portanto* vamos naquela 
outra sala mais perto. Mesma coisa para a aula de artes - ninguém tem um diploma de 
que conclui o curso de respeitar as bordas com louvor, mas é algo que treina sua 
coordenação motora fina e sua capacidade de concentração e estimula sua acuidade 
visual.

2) Resolver problemas práticos

Se vc vai preparar um receita e na hora vê que só tem metade de determinado 
ingrediente, vc precisa saber que só poderá usar a metade de todos os outros 
ingredientes para manter a proporcionalidade.

Já se vc pega um receita que dá para 8 pessoas e quer preparar para 20, vc precisa ter 
noção de que usará duas vezes e meia todos os ingredientes.

Mesmo um professor de português precisa saber calcular suas médias - e nem sempre é 
tão fácil. Muitas escolas trabalham com um sistema de pesos diferentes para cada nota 
que, quando chega no final do semestre, dá um nó na cabeça de muito docente. 

3) Resolver problemas no trabalho

Em algum outro e-mail seu vc questionava pq um engenheiro precisaria de trigonometria. 
Ao projetar um prédio, um navio ou algo assim, é preciso sempre calcular que forças 
serão exercidas em que ponto. Para criar uma viga inclinada, como são algumas no 
Palácio do Planalto, é preciso trabalhar com ângulos que essas vigas formam com o 
solo, com as paredes, com o teto/telhado e entre si. Qualquer erro de cálculo pode 
fazer um prédio ruir ou um navio afundar. 

Aliás, falando em navios, calcular o ângulo e o formato da quilha de um barco é algo 
em que se usa bastante trigonometria, emntre outras tantas coisas.

Sem contar os exemplos de jardineiros e pedreiros que precisam saber calcular áreas de 
quaisquer figuras planas, quantos arbustos ou ladrilhos vão utilizar para preencher 
aquele espaço, etc.

4) E por que um futuro estudante de Letras tem de estudar matemática?

Além dos motivos já expostos (raciocínio, resolução de probs práticos, etc) leciona-se 
matemática na escola para que os alunos possam ser expostos àquele conteúdo. Um 
estudante de Letras *geralmente* toma as suas aulas de literatura, português e redação 
como referenciais iniciais. Aquele garoto que jurava que seria médico pode desistir 
quando vir o que é biologia no segundo grau - já pensou se ele só fosse descobrir isso 
na fac?

Para mostrar os ramos básicos do conhecimento é que se ensina matemática, física, 
história, etc na escola. Para que o aluno possa ter uma idéia geral de tudo, saber de 
onde vem a humanidade como ele a conhece hoje e para que ele possa experimentar um 
pouco de tudo e possa escolher melhor que profissão vai seguir.

**


Bem, como eu havia dito, esse era um e-mail longo. Minhas desculpas e agradecimentos a 
quem tiver lido até aqui. Se alguém quiser comentar ou questionar alguma coisa 
pessoalmente, meu e-mail é [EMAIL PROTECTED]

[]'s

Tessa
-- 
__________________________________________________________
Sign-up for your own FREE Personalized E-mail at Mail.com
http://www.mail.com/?sr=signup

CareerBuilder.com has over 400,000 jobs. Be smarter about your job search
http://corp.mail.com/careers

=========================================================================
Instruções para entrar na lista, sair da lista e usar a lista em
http://www.mat.puc-rio.br/~nicolau/olimp/obm-l.html
=========================================================================

Responder a