Tem meu total apoio !!!!
Mandou bem Viviane .....

[]'s
----- Original Message -----
From: Viviane K. Koenig <[EMAIL PROTECTED]>
To: <[EMAIL PROTECTED]>
Sent: Monday, November 29, 1999 2:54 PM
Subject: Re: <piadas> sukita


> Sei que a lista se restringe a piadas, mas me vi obrigada a responder este
> email. Perdoem-me os demais listeiros.
>
>
> Caro amigo Nelson,
>
> assisti a todas as propagandas citadas e, garanto para você, o distinto
> senhor
> estava em todas elas demonstrando uma tentativa de paquerar a adolescente.
> Qualquer pessoa normal pode deduzir facilmente esta mensagem ao olhar as
> feições daquele homem maduro. Já a garota em nenhum momento debochou do
> citado senhor, como o amigo está tentando passar. Pelo contrário, se
portou
> de maneira normal no elevador, da mesma maneira que teria feito se
> estivesse com um tio seu ou pai de uma amiga sua. Diga-se de passagem,
> percebe-se claramente que a garota não tem mais de 15 anos, e o "distinto
> cavalheiro" já ultrapassou a barreira dos 40 tranquilamente.
> O que um homem desta idade pretenderia com uma molequinha 25 anos mais
nova?
> Amizade? Acredito que não!
> Mera política de boa vizinhança no elevador?
> Com aquela expressão no rosto tenho certeza que não!
> Evitar possíveis transtornos aos demais moradores do prédio e à menina por
> causa da festinha, avisando a adolescente para baixar o som?
> Também não, pois ficou claro que a intenção dele ao se produzir todo era
> participar da festa. O que um senhor maduro, com tanta experiência de vida
> e podendo frequentar bons restaurantes, ter uma vida estável, e demais
fatos
> citados pelo amigo, iria querer numa festinha onde a faixa etária não
> ultrapassa os 15 anos?
> E mais, a adolescente chega no barzinho na 3ª propaganda com uma turma de
> amigos, mas fica sem cadeira. O que lhe fez acreditar que ela iria
preferir
> sentar-se na companhia de um senhor que só conhece de vista e tem idade
> para ser seu pai, do que a companhia dos amigos da sua idade?
>
> Acho a propaganda muito criativa e bem feita, pois a intenção deles é
> justamente mostrar o produto Sukita sendo consumido pela adolescente ou
> pelo senhor, ou seja, que não existem barreiras de idade para se consumir
o
> produto. Isso não torna o refrigerante um produto que não deva ser
> consumido por homens maduros que queiram conquistar "a amizade" de uma
> garotinha de 15 anos. O que é de se estranhar é que homens maduros se
> sintam ofendidos, pois como o amigo mesmo falou, são pessoas geralmente de
> bom nível social e - supostamente - cultural, vida estável, podendo
> adquirir os bens que desejar e fazer os programas que quiser sem se
> preocupar com a conta bancária (nos tempos de hoje, não sei não). Por quê
> se irritariam com uma propaganda destas? Se for este o caso, todas as
> adolescentes terão que se revoltar contra a Mercedes. Ouvi comentários de
> que os mesmos atores fizeram uma propaganda da Mercedes - acho, não vi
> ainda - onde o respeitável senhor aparece dirigindo uma Mercedes. A
> adolescente o vê, se aproxima, e pede para dar uma volta. O educado
senhor,
> então, responde com um sonoro "NÃO!" e abraça outra mulher, saindo com o
> carro para passear. Não seria o caso dos senhores maduros se queixarem com
> a Mercedes, porque esta propaganda está deixando claro que não é para
nenhuma
> garotinha de 15 anos se aproximar de respeitáveis senhores com Mercedes
> porque eles são grossos e não vão querer levar as menininhas para dar uma
> volta? Também não seria o caso das menininhas de 15 anos bronquearem com a
> Mercedes, já que a empresa está passando a imagem de que as adolescentes
> são interesseiras e "marias-gasolina"? Nem por estes motivos a propaganda
> deixa de ser chamativa e interessante (criativa já não se pode dizer, haja
> visto tenham copiado o sucesso da Sukita). Se formos levar em consideração
> o que foi dito pelo amigo,
> 1) os homens maduros não beberão mais Sukita por se sentirem
desmoralizados
> 2) as menininhas de 15 anos que por ventura queiram se aproximar de homens
> com idade para ser seu pai não devem beber Sukita
> 3) os madurões que não quiserem uma maria-gasolina com idade para ser sua
> filha torrando o saco para dar uma volta não devem comprar uma Mercedes
> 4) as menininhas de 15 anos que não quiserem levar uma invertida jamais
> deverão falar com homens maduros numa Mercedes.
> É isso?
>
> PS: o que faz com que uma garota chame um distinto cavalheiro de tio? Ela
> realmente deve achar o sujeito muuuuuito velho e é uma forma de educação.
É
> melhor do que chamar de vô, não concorda? Geralmente chama-se as pessoas
> com idade dos nossos pais de tio. O amigo não suporta mais ser chamado
> assim? Existem duas alternativas bastante fáceis de serem seguidas:
> 1) cair na real e paquerar mulheres igualmente maduras, com todos os
> predicados citados no seu email referindo-se aos homens maduros. Essa
> relação terá muito mais chance de dar certo (mesmo que só por uma noite)
do
> que com uma garotinha de 15 anos não acha?
> 2) se continuar desejando loucamente se aproximar de garotinhas de 15
anos,
> quando ela lhe chamar de tio, apenas diga com um sorriso: "ainda não tenho
> idade para ter sobrinhas deste tamanho!", e continue o papo... nas
próximas
> reações da menina vc saberá se ela está lhe achando um coroa ridículo que
> não se toca ou um sujeito bacana e interessante (nesse caso o "tio" foi só
> um tipo de educação mesmo, por não saber como chamá-lo).
>
> ----------------------------------
>  At 09:31 29/11/99 EDT, you wrote:
> >
> >Abaixo a Sukita!
> >
> >Caro leitor com mais de vinte e cinco anos.
> >Peço desculpas por estar invadindo o seu e-mail, mas faz-se necessário.
> >É de conhecimento público a campanha de vilipêndio que a Brahma,
indústria
> >de refrigerantes, está mantendo contra nós os "maduros" na sua ânsia de
> >ampliar o mercado consumidor e seduzir o público adolescente
compelindo-os
> >ao consumo do seu vil refrigerante.
> >Choca-nos ver a maneira como as pessoas de maior experiência são
> >postas em situação ridícula na campanha publicitária de tal empresa,
tendo os
> >seus valores sócio culturais, físicos e sexuais menosprezados por uma
> >juventude sádica.
> >Somente para recordar: em uma delas, um senhor, já em idade adulta e, por
> >que não dizer, um cavalheiro, ao tentar, por educação, estabelecer um
> >diálogo com uma jovem em um elevador de um prédio de classe média, apenas
é
> >respondido com algaravias até que a mesma, barbaramente, o alcunha de
"tio" e
> >o solicita, sem maiores delicadezas e em total desapego às regras da boa
> >educação, que aperte um determinado botão do elevador.
> >Em outro, a já citada "patricinha" mantém uma festa questionável em
> >seu apartamento, sem a presença dos seus pais e em total desdém as normas
> >condominiais, quando o ator, interpretando o homem experiente, tentativa
de
> >amenizar problemas de vizinhança é novamente tratado com desdém
> >e taxado de "tio".
> >Mais recentemente o público maduro foi afrontado com uma dramatização
> >insana, na qual a jovem, eivada da mais absoluta má fé, dirige-se ao
> >maduro> senhor demosntrando interesse em assumir o lugar vago em sua
mesa;
> >tudo> simulação. E o prestativo senhor, disposto a abdicar de seu momento
de
> >meditação, oferece o lugar vago ao aconchego daquela que julga uma
> >adolescente de família. Nesse momento cai a máscara da pérfida
> >criatura, que surrupia a cadeira da mesa do senhor deixando-o em situação
> >embaraçosa.
> >Questiono o valor moral desta campanha e o efeito que pode provocar
> >nas jovens do nosso país que, para o nosso desespero, logo se sentirão
> >pouco a vontade em manter um relacionamento com homens mais velhos como
nós.
> >Não atentaram os publicitários sádicos, para o fato de que o público
> >adolescente não consome Sukita, e sim cerveja, cuba-libre, bebidas
> >energéticas e outros; e que, quem consome mais refrigerante em todas
> >as parcelas da sociedade são os solteiros, já de idade superior a vinte e
> >cinco anos, e com padrão de vida estável, assim como o senhor da
propaganda.
> >O que somos nós maduros? enfeites para árvores de natal? muro de arrimo?
> >ou aqueles desembaçadores de vidro traseiro que ninguém usa? porque fomos
> >retratados daquela forma patética? com agasalho no ombro, como há muito
> não se
> >usa. Qual o percentual de adolescentes que pode usar uma calça de grife?
> >freqüentar um bar da moda sem se preocupar com a conta? ou usar um sapato
> >italiano? Levar uma gatinha em carro do ano para o seu apartamento e
> >proporcioná-la momentos inesquecíveis, sem medo de que chegue a mamãe ou
um
> >colega que "divide o apê comigo"? O que é melhor: jantar num bom
> >restaurante ou "rachar uma pizza"?
> >
> >Proponho a você e a todos os que puderem reproduzir esse alerta, por
meios
> >manuais, reprográficos ou eletrônicos, que passem à frente essa mensagem:
> >NÃO BEBA SUKITA! Vamos valorizar nossa idade.
> >Bebamos Fanta, Crush, suco de laranja, ou até mesmo
> >Redoxon até que se mova uma campanha publicitária de desagravo à nossa
> moral e
> >enaltecendo nossos valores, pois não suportamos mais sermos chamados de
"tio"
> >sempre que cantamos uma patricinha.
> >
> >Maduros de todo o Brasil UNI-VOS.
> >
> >
> >____________________________________________________________________
> >Get free email and a permanent address at http://www.netaddress.com/?N=1
> >---------------------------------------------------------------------
> >Você tem email?? Que tal mudar gratuitamente para [EMAIL PROTECTED]?
> >Visite http://www.email.com.br e faça seu pedido. Esse email é seu!
> >---------------------------------------------------------------------
> >
> >
>
> ---------------------------------------------------------------------
> Você tem email?? Que tal mudar gratuitamente para [EMAIL PROTECTED]?
> Visite http://www.email.com.br e faça seu pedido. Esse email é seu!
> ---------------------------------------------------------------------
>

---------------------------------------------------------------------
Você tem email?? Que tal mudar gratuitamente para [EMAIL PROTECTED]?
Visite http://www.email.com.br e faça seu pedido. Esse email é seu!
---------------------------------------------------------------------

Responder a