[cut]

Acho que são pontos válidos, talvez a forma de expressá-los não tenha sido muito feliz, mas é o conteúdo aqui que me interessa.

Entao, isso se resume ao que eu disse sobre a relevancia do "como" e nao apenas "do que" se dizer ;) Mais uma vez, insisto, nao discordo q o Linux tenha sua colecao enorme de problemas, e que podia ser muito melhor. Mas da pra mostrar isso de outras maneiras, mais praticas e diretas.

O Linus pode não ter entrado numa briga de pivete, mas podia ter dado uma resposta técnica qualquer, por exemplo, aquele comentário que tem lá no kernel e que teria motivado aquela empresa citada a trocar o Linux pelo OpenBSD, das duas uma ou o jornalista responsável não perguntou pra ele ou ele não quis responder...

Pois eh, ele se esquivou mesmo... por outro lado se ele quizesse atacar tambem, teria q conhecer os BSDs, que ele mesmo diz q nao conhece muito. Logico, pode nao haver desculpa pra ter aquilo no codigo hehe, entao ele ficou na dele ;P

--
Patrick Tracanelli

FreeBSD Brasil LTDA.
The FreeBSD pt_BR Documentation Project
http://www.freebsdbrasil.com.br
patrick @ freebsdbrasil.com.br
"Long live Hanin Elias, Kim Deal!"


_______________________________________________
Freebsd mailing list
Freebsd@fug.com.br
http://mail.fug.com.br/mailman/listinfo/freebsd_fug.com.br

Responder a