Title: RE: [naval] Porta Hellos Fluviais - PHF
Sem pensar muito no design do casco e mais nas aplicações conceituais, eu penso neste porta helos como uma base de reastecimento/rearmamento no meio do Amazonas. Esta base poderia ser ela própria abastecida por outros navios ou por helos. Dela poderiam partir ataques através dos helos e até através de pequenas lanchas que poderiam ficar nela mesmo.  Podeira ter um hospital a bordo para tratamento de feridos e um hangar para 2 a 4 helos ondem poderiam ser feitos reparos nos mesmos. Ela tambem poderia abastecer helos vindo de outras bases indo ou voltando.  Como ela seria móvel, poderia estar onde fosse necessário ao longo do Rio Amazonas em poucos dias. Ela deveria ser bem armada para se defender de ataques aéreos e possiveis ataques partindo das margems do rio.
Por isso sugeri ao menos umas dez .50 e quatro 40mm + morteiros, foguetes e um Simbad.
Ela deveria ter equipamento de comunicação bem avançado e acomodações para fuzileiros navais.
 
O que vocês acham?
 
----- Original Message -----
Sent: Thursday, December 23, 1999 11:41 AM
Subject: Re: [naval] Porta Hellos Fluviais - PHF

Em meados dos anos 80 fui a um departamento do Ministério da Marinha no Rio de Janeiro com um colega.
 
O motivo era fornecer especificações do canhão de 90 mm da ENGESA para equipar um porta helicópteros fluvial que a Marinha estava estudando!!!!
 
Fornecemos as informações e nunca mais ouvimos falar do assunto.
 
Bacchi
 
----- Original Message -----
Sent: Thursday, December 23, 1999 11:16 AM
Subject: Re: [naval] Porta Hellos Fluviais - PHF

Putz Mário, essa pergunta aí é complexa e vai longe. Uma resposta boa só mesmo com quem é engenheiro naval.
 
O que eu sei é que o comprimento do calado é uma das características da embarcação que afetam o caturro (é a oscilação longitudinal - quando a proa "afunda no mar"). O aumento do calado reduz o caturrar. Por outro lado, calados maiores restringem a operação da embarcação em regiões mais rasas (essa parte é obvia) Para embarcações que operam com helicópteros no mar, isso é extremamente importante pois afetam diretamente as operações aéreas. Como o caturro é mais sentido nos extremos do navio (na proa e na popa), existem aqueles que defendem a colocação de convôos a meia nau.
 
 
-----Mensagem original-----
De: Mario Luiz de Andrade Maia <[EMAIL PROTECTED]>
Para: '[EMAIL PROTECTED] ' <[EMAIL PROTECTED]>
Data: Quinta-feira, 23 de Dezembro de 1999 08:31
Assunto: RE: [naval] Porta Hellos Fluviais - PHF

Aproveitando a questão, quais as diferenças, caracteristicas de estabilidade e navegabilidade, vantagens e desvantagens da aboção de um calado maior ou menor?

[]s
Mario Maia

-----Original Message-----
De: Joaquim Mitchel

Caro Marcelo, lembra do Yamato, 60000ton e 4,5netros de calado?
Tecnicamente é viável.
As barcaças que descem o Amazonas tem mais de 4000ton e tem 80cm de
calado.



Joaquim M.Z.S. Tavares

Assessor da Qualidade

Cardinali Industria e Comércio Ltda.

+55+(47) 473-0777 (ramal 30)

Joinville-SC

e-mail [EMAIL PROTECTED]

Responder a