Macaco Irado!

     Um cara furou um pneu numa estrada deserta. Logo depois, avistou
uma casinha bem longe e resolveu ir até lá
     pedir um macaco.Enquanto isso ele foi pensando com os seus
botões...
     "Ele não vai querer me emprestar esse macaco de graça...deve me
cobrar uns 10 reais por ele...Que nada! Ele
     vai ver que eu tô aqui desesperado e vai querer me explorar...no
mínimo uns 30 reais...Nem 30, tá chovendo pra
     caralho, eu tô aqui sozinho nessa estrada deserta e sem mais
ninguém, ele vai pedir uns 100 reais, aliás, uns 200
     reais porque não existe mais ninguém nessa região num raio de
25km..."
     Finalmente, o cara chegou na casinha,bateu três vezes na porta e o
morador abriu:
     - Pois não,deseja alguma coisa?
     E o cara respondeu:
     - Quer saber? Pega o teu macaco e enfia no cú!!!
 
_______________________________________________________________________
A separação.

     Uma menina começa a namorar um rapaz e como todo relacionamento,
acontece o rala e rola, mão naquilo,
     aquilo na mão, etc. No decorrer dos anos, marcam a data do noivado.
Já segura de que realmente seria com ele
     que ela se casaria, resolve entregar-se ao amor da sua vida, ao
homem que escolheu para ser o seu marido. Na
     primeira noite de amor, ainda antes do casamento, a surpresa!!!
     Fizeram apenas sexo anal. Na Segunda vez, a mesma coisa. Só sexo
anal. Casaram-se e na lua de mel,
    novamente sexo anal. Os anos passaram e somente sexo anal. Um belo
dia, a menina, indignada, vai à casa de
     seus pais e num ato de desespero, se desabafa:
     - Papai, vou me separar.
     - Mas como minha filha, vocês são um casal feliz, seu marido te
ama........
     - Não adianta, vou me separar.
     - Mas o que aconteceu?
     - Pois é, antes mesmo de eu me casar, tive relações sexuais com ele
e apenas sexo anal. Os anos se passaram,
     nos casamos, e apenas sexo anal. Quando me casei, meu cú era do
tamanho de uma moeda de 10 centavos e
     agora já está do tamanho de uma moeda de R$ 1,00 papai!!!!!
     - Ah minha filha, que isso? Não acredito que você vai se separar
por causa de 90 centavos????

_________________________________________________________________________
Pedrinho e o bilhete

     Pedrinho estava indo pra escola quando tropeçou numa pedra, caiu e
achou um bilhetinho. Então ele leu o
     bilhetinho e levou pra escola. Chegando lá a professora perguntou
por que ele tinha se atrasado e ele respondeu:
     - Quando eu tava vindo pra escola eu cai e achei esse papelzinho.
     - Então deixe eu ver esse papelzinho. Depois de ler o papelzinho
ela falou:
     - Que desaforo! Já pra diretoria.
     E lá foi o Pedrinho pra diretoria. Chegando lá a diretora
perguntou:
     - O que você está fazendo aqui, Pedrinho?
     - É que quando eu tava vindo pra escola, eu tropecei numa pedra e
achei esse bilhete; trouxe pra escola, a
     professora leu e me mandou pra cá.
     Depois de ler o tal bilhete a diretora falou
     - Tá expulso, já pra tua casa!!
     Chegando em casa sua mãe perguntou o que ele estava fazendo tão
cedo em casa.
     - É que quando eu tava indo pra escola eu tropecei numa pedra,
achei esse bilhetinho, levei ele pra escola, a
     professora leu, me mandou pra diretoria e a diretora me mandou pra
casa.
     E depois de ler o tal papelzinho a mãe dele falou:
     -Que desaforo, menino, vai lá no serviço do seu pai falar com ele.
     Chegando lá, o pai de Pedrinho perguntou o que ele estava fazendo
lá e ele respondeu:
     - É que eu tava indo pra escola, tropecei, achei esse bilhete,
levei pra escola, a professora leu, me mandou pra
     diretoria, a diretora leu, me mandou pra casa, a mãe leu e mandou
eu vir pra cá.
     Depois de ler o bilhete, seu pai falou:
     - Que desaforo, menino, tá expulso de casa
     Chegando em baixo do viaduto, o mendigo perguntou o que ele estava
fazendo lá e Pedrinho respondeu:
     - É que quando eu tava indo pra escola eu tropecei, achei esse
bilhetinho, levei o bilhete pra escola, a professora
     leu, me mandou pra diretoria, a diretora leu, me mandou pra casa,
minha mãe leu, me mandou falar com meu pai
     que me expulsou de casa e mandou eu vir pra cá.
     O mendigo, então, lendo o bilhetinho, chamou o policial, então o
policial perguntou pra Pedrinho por que ele
     tava lá e ele respondeu:
     - É que eu tava indo pra escola quando eu tropecei, encontrei esse
bilhetinho, levei pra escola, a professora leu,
     me mandou pra diretoria, a diretora leu, me mandou pra casa, a
minha mãe leu, me mandou falar com meu pai,
     meu pai leu,me expulsou de casa e mandou eu vir pra cá, o mendigo
leu e chamou o senhor aqui.
     O guarda, depois de ler o bilhete, disse:
     - Teje preso!
     Chegando lá o outro preso perguntou o que ele estava fazendo lá e
Pedrinho respondeu:
     - É que eu tava indo pra escola e tropecei e encontrei esse bilhete
então eu levei pra escola, a professora leu e
     me mandou pra diretoria, a diretora leu e me mandou pra casa, minha
mãe leu e me mandou falar com meu pai,
     meu pai leu e me expulsou de
     casa e mandou eu ir pra de baixo do viaduto, o mendigo leu e chamou
o guarda, o guarda leu e me prendeu aqui.

     O preso então, depois de ler o bilhetinho chamou o
carcereiro,chegando lá o carcereiro perguntou pro Pedrinho
     o que ele estava fazendo lá então ele respondeu:
     - É que eu tava indo pra escola, tropecei, achei esse bilhete,
levei pra escola, a professora leu, e me mandou pra
     diretoria, a diretora leu, me mandou pra casa, minha mãe leu e me
mandou falar com meu pai, meu pai leu, me
     expulsou de casa e mandou
     eu ir pra debaixo do viaduto chegando lá eu encontrei o mendigo que
leu, e chamou o guarda, que leu e me
     prendeu, depois o preso leu e chamou o senhor.
     Depois de ler o bilhete o carcereiro falou:
     - Já pra cadeira elétrica!!!
     Chegando no céu, São Pedro falou:
     - O que você está fazendo aqui meu filho?
     - É que eu tava indo pra escola tropecei e achei esse bilhete,
levei pra escola a professora leu, me mandou pra
     diretoria, a diretora leu, me mandou pra casa, minha mãe leu e
mandou eu ir falar com meu pai, meu pai leu me
     expulsou de casa e mandou eu ir pra debaixo do viaduto, lá eu
encontrei o mendigo que leu e chamou o guarda,
     que leu e me prendeu, lá o preso leu e chamou o carcereiro que
depois de ler mandou eu ir pra cadeira elétrica e
     eu vim parar aqui.
     Depois de ler o bilhetinho São Pedro falou:
     - Já pro inferno!!!!
     Chegando lá o diabo perguntou por que ele tava lá e ele respondeu:
     -É que eu tava indo pra escola quando eu tropecei numa pedra e
achei esse bilhete, levei pra escola, a
     professora leu, me mandou pra diretoria, a diretora leu e me mandou
pra casa, minha mãe leu, me mandou falar
     com meu pai, meu pai leu me expulsou de casa e mandou eu ir pra
debaixo do viaduto, chegando lá o mendigo
     leu, chamou o guarda, o guarda leu e me prendeu chegando lá o preso
leu, chamou o carcereiro, o carcereiro
     leu, me mandou pra cadeira elétrica, chegando no céu São Pedro leu
e me mandou pra cá.
     E na hora que o diabo pegou o bilhetinho pra ler, o papel queimou,
então Pedrinho ficou por lá e nós ficamos
     sem saber o que estava escrito no bilhete.
 
Um Grande abraço a todos
Paz, Amor e Empatia
Heaven Inc.
_________________________________________
                                                             "Do what thou wilt"

Responder a