2007/1/16, Cristiano Furtado <[EMAIL PROTECTED]>:
Concordo totalmente com tudo que você disse, só tem um porém, nós temos que
ver a realidade de nossa vida atual. Vou ser bem claro. Fui ver uma vaga de
emprego em uma empresa multi nacional, fui entrevistado, passei na
entrevista e para minha surpresa no outro dia recebi a ligação sendo
eliminado, agora qual a razão?
Eu sei qual foi a razão, colocaram no meu lugar um cara que tem um
certificado LPI coisa que eu não tenho. Eu fiquei muito triste com a
situação, pois eu daria conta tranquilo do trabalho, mais fui eliminado
somente por causa que o cara tinha a certificação e eu não. A sim outro
detalhe, o cara tambem ja estava formado na faculdade e eu ainda estou
cursando. Não quer dizer que o cara por que tinha uma certificação sabia
mais do que eu, mais pelo fato dele ter uma certificação a empresa me
eliminou.
Infelismente uma certificação mostra pelo menos uma vantagem no mercado de
trabalho.
Eu não viso o dinheiro na frente da filosofia de SL, quem me conhece sabe
bem disso, mais hoje estou tendo quer tirar essa certificação para poder
estar competindo com quem tb esta no mercado.


Cristiano, não quero desmerecer o seu discurso nem o de ninguém aqui e
não vejo problemas em quem opta por uma certificação (isso é uma
decisão pessoal de cada um), mas não vejo como o seu exemplo acima
prove o seu ponto de vista.

Pelo que você colocou, o candidato que ocupou a vaga já era formado e
tinha uma certificação, fora que você não viu a entrevista dele e,
suponho, não teve acesso ao currículo. Então, não acha um pouco
precipitado afirmar que o que o qualificou para a vaga foi apenas a
certificação?

E quanto aos salários, sei que o mercado local paga mal e que isso é
uma vergonha, mas você está cometendo um erro ao tomar salários de
outras regiões como parâmetro sem considerar as devidas adequações. O
custo de vida em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, etc. é diferente
do custo de vida em Salvador. Um salário de 5.000,00 reais aqui, acaba
valendo mais do que um salário do que R$ 5.000,00 lá, porque aqui as
coisas são mais baratas (de um modo geral).

Além disso, o que Aurélio colocou, e acho que você não entendeu, é que
não é a certificação que dita o valor do seu salário, mas sim a lei de
oferta e procura. Se no mercado houver muita procura por profissionais
com essa certificação e pouca oferta, os salários serão altos, mas à
medida que a oferta de profissionais for aumentando, a tendência é o
valor das ofertas de emprego irem caindo. Além disso, acho pouco
provável que uma única certificação valha tanto no mercado de Salvador
(e veja bem que eu não estou falando de Sul ou Sudeste) visto que eu
já vi administrador com uma coleção de certificações CISCO e Oracle e
não ganhar tudo isso (entre 5000 e 6000 reais).

Mas se realmente estiverem dispostos a seguir em frente, é uma boa se
unirem pra tentar algum desconto, pq, pelo que vcs disseram, o custo
desse certificado é muito alto. E verifiquem direito a procura por
esse tipo de profissional, pra não gastarem uma grana e no final
conseguirem apenas salários iguais ou pouco maiores do que vocês
teriam sem investir tanto dinheiro.

Abraços,

Helton
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.im.ufba.br
https://listas.im.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a