Cristiano,

On Tue, 16 Jan 2007 15:08:05 -0300
"Cristiano Furtado" <[EMAIL PROTECTED]> wrote:

> Concordo totalmente com tudo que você disse, só tem um porém, nós temos que
> ver a realidade de nossa vida atual. 

Aí entram aqueles que querem mudar a "realidade da nossa vida atual". Dentre 
esses, você até encontra aqueles que conseguem mudar. Pelos emails que você 
escreveu, vi que está insatisfeito com diversos fatores, inclusive com as 
regras do mercado que você está tentando se inserir. A questão é que diante 
dessa insatistação existem diversos caminhos a se seguir. Alguns que conheço 
estudaram sozinhos, se envolveram em atividades sociais, convergiram seus 
conhecimentos de diversas áreas diferentes e pragmaticamente abriram uma 
cooperativa. Hoje são livres, têm muita habilidade técnica (até dinheiro e 
capacidade para tirar certificações de mercado, embora não precisem), uma forte 
visão social, atitudes frequentes que implicam em bem estar para a sociedade, 
seja nas áreas de economia solidária ou tecnologia, são donos do próprio tempo 
e conseguem viver bem com uma qualidade de vida que não teriam mesmo com um 
salário de 5000 reais por mês, se hoje estivessem sujeitos a trabalhar >=40 
horas por semana como mão de obra de alguma corporação. 

Espero que este parágrafo sirva como uma chamada de reflexão, para que você e 
outras pessoas consigam entender que a realidade está aí pra ser mudada por 
quem está insatisfeito com ela. Caso contrário você vai contribuir com aquilo 
que não tem a forma que você gostaria que tivesse, e isso, na minha opinião, é 
o primeiro passo para se tornar um profissional frustrado.

> Eu sei qual foi a razão, colocaram no meu lugar um cara que tem um
> certificado LPI coisa que eu não tenho. Eu fiquei muito triste com a
> situação, pois eu daria conta tranquilo do trabalho, mais fui eliminado
> somente por causa que o cara tinha a certificação e eu não. A sim outro
> detalhe, o cara tambem ja estava formado na faculdade e eu ainda estou
> cursando. Não quer dizer que o cara por que tinha uma certificação sabia
> mais do que eu, mais pelo fato dele ter uma certificação a empresa me
> eliminou.

Pois bem. Comigo já ocorreu o contrário. Essa lógica é bem simples de ser 
quebrada. Aliás, a fórmula já foi dada no século XVII: saber é poder. O resto a 
certificação tenta fazer por você :)

abraços,

-- 
Tiago Bortoletto Vaz
0xA504FECA - http://pgp.mit.edu
http://tiagovaz.org
 
 "É preciso não ter medo,
 é preciso ter a coragem de dizer."

 Rondó da Liberdade, Carlos Marighella
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.im.ufba.br
https://listas.im.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a