O FATO é que quanto maior a potência da transmissão maior a
possibilidade de interferências, e as rádios comunitárias, (que
frequentemente são chamadas pela mídia de rádios piratas para
criminalizar o movimento) possuem potências baixíssimas. Quem tem
grande potência são as grandes emissoras. Aliás, ninguém divulga que
existem relatórios do Cindacta apontando interferências da Globo...

On 5/30/07, Ricardo L. A. Banffy <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
Desculpa, Carlos, mas regulamentar o funcionamento de rádios piratas não
seria uma contradição?

Carlos B. Schwab wrote:
> Não muda o FATO de que a questão das rádios piratas e rádios comunitárias
> (não confundir uma com a outra) deva ser definida definitivamente, com
> regras que não sufoquem as comunitárias e permitam sua regularização e
> funcionamento, bem como das rádios piratas.

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a