Eu imagino um programa de monitoria, que é muito comum nas universidades (e, 
inclusive, no ensino médio). Alunos que já tivessem cursado a disciplina 
(pré-requisito para ser monitor) poderiam se candidatar, posteriormente, a uma 
seleção de monitores, promovida pelo próprio professor responsável pela 
disciplina. Uma vez selecionados, os melhores colocados passariam por uma 
capacitação mais aprofundada, na qual, além das instruções do professor 
responsável, deveria haver a participação da WMBR através dos editores mais 
experientes da Wikipédia no local, que ajudariam a promover esse curso de 
capacitação de monitores, fornecendo-lhes informações mais específicas quanta à 
edição de artigos. Existem programas de monitoria em que esse curso de 
capacitação ocorre antes da prova de seleção. O aproveitamento do curso, 
adicionado ao que se aprendeu na disciplina, anteriormente, nesse caso, 
mostraria o desempenho do aluno e seria o parâmetro de seleção, através de uma 
prova escrita ou como o coordenador preferir. Em outros, o curso só é fornecido 
aos aprovados na seleção.

Existem monitores voluntários e bolsistas. Diversos programas concedem a bolsa 
para o(s) melhor(es) colocado(s), ficando os outros que também atingiram uma 
nota de corte determinada como monitores voluntários, tendo como recompensa um 
certificado de participação ao final do semestre. A possibilidade de ganhar a 
bolsa motiva mais estudantes a participar da seleção. No meu curso, no qual os 
programas de monitoria são muito comuns, a grande maioria dos monitores é 
voluntária. Conversando com eles, sempre dizem que é uma boa maneira de revisar 
e fixar a matéria, além de ser algo que conta para o currículo do estudante.

Sobre o curso de capacitação, penso em algo rápido, num horário possível para 
os estudantes e para os convidados (wikipedistas). Uma parte seria utilizada 
pelo próprio professor, na qual ele fornece os conhecimentos específicos 
adicionais da disciplina que um potencial monitor deve ter. A outra caberá à 
participação dos wikipedistas, com os conhecimentos técnicos relacionados à 
edição de artigos na Wikipédia.

Obviamente, esta é uma sugestão para disciplinas que já começaram (como no caso 
da professora Juliana). Não é possível capacitar monitores que ainda não têm 
nenhum conhecimento da matéria. No caso de uma disciplina a ser iniciada, o 
papel do monitor deveria ser mesmo desempenhado por um editore experiente no 
campus, além dos embaixadores on-line, como ocorreu este semestre na Unirio.

Acredito que um programa semelhante a este redireciona a participação dos 
embaixadores no campus, adequando-a, convenientemente, aos compromissos e 
atividades pessoais que costumam impedir um acompanhamento diário das aulas. 
Para os alunos da universidade, que já estão diariamente no local, é muito mais 
fácil participar e isso traz um benefício para o aproveitamento dos outros 
estudantes que estão cursando a disciplina, pois eles poderão ser acompanhados 
e instruídos por alguém muito mais próximo e acessível, que compartilha com a 
realidade deles.

Suponho que podemos discutir essa possibilidade e, juntos, montarmos o módulo 
específico da edição de artigos desse curso de capacitação, produzindo algum 
material didático a ser utilizado. Espero que os outros tenham algo a 
acrescentar, de modo a enriquecer a ideia e tornar mais viável e interessante 
para os professores incluírem a Wikipédia nas suas disciplinas e mais 
proveitoso e estimulante para os alunos.


Vinicius
                                          
_______________________________________________
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l

Responder a