Não conheço uma boa ferramenta pra fazer isso e não sou designer, mas, na
minha ignorância, eu acho que a busca de imagens do google não é a melhor
forma de fazer uma pesquisa de marcas pq ela traz muitos resultados não
relevantes que atrapalham. No link que vc passou com os exemplos de marcas
em espiral, tem muita coisa que não é uma espiral e que polui a percepção
das outras coisas. Olhando apenas para as imagens em espiral, eu achei todas
razoavelmente semelhantes já que é um símbolo bem simples e primitivo. Em
outro e-mail, vc citou conhecidos que o viram usando uma camisa da Debian e
depois viram a marca do Griô e acharam que parecia com a marca estampada na
sua camisa. Daí eu suponho que eles foram apresentados primeiro ao símbolo
na sua camisa e depois à marca do teatro, é isso? Se for, será que eles não
achariam a marca da sua camisa parecida com a do teatro se eles tivessem
sido apresentados à marca do teatro primeiro? Veja bem, como a marca é
simples, é fácil de gravar e se ela aparece numa camisa usada por alguém que
vc conhece, acho que fica mais fácil ainda de memorizar. Eu já tomei cafés
decorados com uma espiral e liberando vapor e não pude deixar de lembrar da
Debian e da Java. Esse é o propósito de uma logo bem feita, ser fácil de
lembrar para aumentar o mindshare da marca.

Abraços,

Helton

Em 29 de setembro de 2010 15:53, João Paulo <joaopa...@ya.ru> escreveu:

> Eu só estou tentando promover o debate. Calma. Se todo mundo começar a me
> apoiar, eu vou falar do outro lado da moeda também. :)
>
> Tudo bem, a logo da ciranda é conhecida e tudo o mais, mas ele é uma
> criação artística original. Um ponto de vista legal, com um design
> diferente.
>
> A logo da maçã da Apple, por exemplo. Ou as janelas do Windows, ou o G do
> google. Radicalizando, é só uma maçã mordida, ou uma janela de madeira com
> quatro vidraças ou só um "G". Mas o design da coisa conta, entendeu? Seja na
> forma da mordida (independente do lado), a forma da folha (pro caso da
> maçã), a ondulação das vidraças, a fonte com a cor do G combinados, entende?
>
> O mercado tem imagens "parecidas", porque vem de uma base parecida.
> Pesquisa de imagens no google por "logo w"
>
> http://www.google.com/images?client=safari&q=logo+w&biw=1171&bih=690
>
> Veja quantas logomarcas parecidas, mas fundamentalmente diferentes. Cada um
> com seu propósito, baseada na mesma base (o W), porém diferentes,
> divergentes.
>
> Agora, com espirais:
>
> http://www.google.com/images?client=safari&q=logo+espiral&biw=1171&bih=690
>
> Veja quantas se parecem com o debian. Poucas. Entre si. Poucas. E cara, dá
> pra fazer muita coisa com espiral ainda, consegue perceber?
>
> Agora, camaleão:
>
> http://www.google.com/images?client=safari&q=logo+camaleão&biw=1171&bih=690<http://www.google.com/images?client=safari&q=logo+camale%C3%A3o&biw=1171&bih=690>
>
> Bem, tem muitas logos diferentes, porém, elas são mais difíceis de se
> conseguirem coisas diferentes mesmo. Um camaleão é um e ponto. Mas como a
> maioria das logos que usam imagens de camaleão são bem coniventes (e tem que
> ser, pois é uma área difícil de ser explorada), é despreocupável se estiver
> em setor diferente ou misturado com um ou mais elementos.
>
>
> Raul, eu já tinha dito quanto ao camaleão e estou reafirmando aqui em cima,
> é realmente complicado limitar um camaleão como propriedade, pois não tem
> como ter [muita] variação.
>
> --
> Joao Paulo
> "Make things as simple as possible but no simpler."
>
>
> _______________________________________________
> PSL-BA mailing list
> PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
> https://listas.dcc.ufba.br/mailman/listinfo/psl-ba
>
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
https://listas.dcc.ufba.br/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a