Marcelo eu sinceramente não sei mais uma coisa é certa. Nós estamos ficando
velhos, a juventude esta utilizando pouco SL. A única coisa que eles pensam
hoje é em MAC, Windows e muito amis muito poucos em SL. Nós que ainda
tentamos sustentar o SL de cursos gratuitos, eventos, células sabemos que
cada vez menos pessoas novas estão ingressando ao SL. Pior, utilizar
realmente o linux como uma alternativa. Me doi quanto vejo um cara como
referencia em SL utilizando o windows e diz "Estou usando porque o mercado
pede e tenho que conhecer o inimigo"... Deus do céu eu não consigo entender
isso não.


Em 25 de março de 2014 08:12, Marcelo Soares Souza
<marc...@juntadados.org>escreveu:

> > Eventos? Hoje critico aqui e em outros estados. Estamos fazendo agora o
> > flisol para o dia 26 de abril e as dificuldades sempre são as mesmas.
> Vejo
> > os eventos a anos cada dia diminuindo o publico mesmo com alta
> divulgação.
> > Galera isso é real. O fato de não utilizar o facebook ou qualquer outra
> > rede social pode não ser utilizado mais o software livre é sim para ser
> > utilizado por crianças, jovens, adultos, idosos, pais, mães e não se
> > limitar somente a estudantes e pessoas que acham se acham nerds como eu.
> > Essa é a minha opinião e vejo cada vez nós perdendo mercado. Isso que
> esta
> > sendo visto no nosso território.
>
>     O problema é que o povo cultivou essa visão de "mercado", "se não
> tomamos o mercado não seremos levado a sério", "se não mostrarmos que
> estamos ganhando dinheiro não seremos levado a sério", "se não tivemos
> mais de 2% do mercado seremos uma piada".
>
>   Então o povo esqueceu a visão de comunidade, de solidariedade, de uma
> alternativa real de mundo mais justo e sustentável. O discurso se focou
> em não sermos mais uma alternativa e sim parte do que esta ai, do mesmo
> modelo que se mostrou insustentável e falho, do mesmo modelo injusto.
>
>   Dai nos tornamos um produto, descartável, uma moda, uma burburinho
> midiático que tem seu tempo de vida e não mais é uma alternativa, uma
> resposta.
>
>   O povo vai lá e organiza um evento para falar de "mercado", de
> "dinheiro", de como o Software de Código Aberto é uma alternativa
> tecnológica melhor para a sua empresa e esquecemos de falar o porque
> disto ser uma alternativa melhor para a sua vida, porque é Software
> Livre e não de Código Fonte Aberto, porque queremos um mundo mais justo,
> mais humano.
>
>   O FISL que era um Fórum, de discussão e de apresentação de uma
> alternativa, para falar sobre um meio de construção coletivo e
> sustentável se torno uma "Feira" de soluções tecnológicas.
>
>   E agora estamos aqui, nessa encruzilhada. Pensando em ferramentas de
> marketing para vender o nosso peixe, como se uma página no FB fosse
> atrair qualquer pessoa e convence-las. E não mais ações reais, exemplos
> reais, propostas reais de mudanças.
>
>   Então é isso, se não lançamos o Software Livre 2.0, com suporte a
> iPhone, estamos fadado a perecer? É issto que queremos? É isto que
> significa Software Livre?
>
>   O FISL que era um Fórum, de discussão, de apresentação de uma
> alternativa, para falar sobre um meio de construção coletivo e
> sustentável se torno uma "Feira" de soluções tecnológicas.
>
>   E agora estamos aqui, nessa encruzilhada. Pensando em ferramentas de
> marketing para vender o nosso peixe, como se uma página no FB fosse
> atrair qualquer pessoa e convence-las, e não mais ações reais, exemplos
> reais, propostas de mudanças reais.
>
>   Então é isso, se não lançamos o Software Livre 2.0, com suporte a
> iPhone, estamos fadado a perecer?
>
> _______________________________________________
> PSL-BA mailing list
> PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
> https://listas.dcc.ufba.br/mailman/listinfo/psl-ba
>



-- 
-------------
Atenciosamente,


Cristiano Furtado dos Santos
CAD Analyst
Salvador - Bahia

http://www.ekaaty.org
Ekaaty Linux Educacional um novo futuro para educação no Brasil.
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
https://listas.dcc.ufba.br/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a